Guarulhosweb
   

ELEIÇÕES - O senhor ou seu grupo político tiveram participação na atual administração?

Redação Guarulhosweb    29/09/2016 09:53

 

O GuarulhosWeb encaminhou no último dia 12 de setembro um questionário (o mesmo para os nove candidatos a prefeito) com perguntas referentes à administração de Guarulhos e formas para resolver os problemas. São oito perguntas iguais que estão sendo publicadas, desde a última sexta-feira, uma a uma, todos os dias até sexta-feira desta semana, antevéspera das eleições municipais, que ocorrem em 2 de outubro. Nesta quinta-feira, segue a penúltima publicação. 
 
Não foi imposto um limite no número de linhas das respostas. Porém, o GuarulhosWeb destacou que a concisão das respostas pode ser um fator que facilita a leitura e a comunicação aos eleitores.
 
Dos nove candidatos, apenas cinco responderam ao GuaurlhosWeb e terão suas respostas publicadas. Eloi Pietá (PT), Gustavo Guti (PSB), Jorge Wilson (PRB) e Wagner Freitas (PTB) não encaminharam suas respostas no prazo determinado. 
 
- O senhor ou o grupo político que o apoia tiveram alguma participação na administração municipal nos últimos 10 anos? Qual foi essa participação?
 
- Carlos Roberto (PSDB)
Posso garantir que sou o único candidato a prefeito de Guarulhos que não teve qualquer relação com essa administração nefasta do PT, que está destruindo Guarulhos há 16 anos. Sou – sem dúvidas – o único candidato que não se envolveu, em momento algum, com Elói Pietá e com Sebastião Almeida, os dois grandes responsáveis pela destruição de Guarulhos. Carlos Roberto não é oposição de ocasião. É oposição de verdade. 
 
 
- Edson Albertão (PSOL)
Nenhuma. E não teremos, por opção, em nenhum governo burguês. O PSOL é coerente. Nesse tempo tivemos candidaturas própria, não aceitamos apoiar o governo em troca de cargos ou privilégios, denunciamos irregularidades, fizemos oposição de esquerda, e atuamos nos bairros, espaços culturais, sindicatos, coletivos feministas, de juventude, negros e LGBT’s.
 
- Eli Corrêa Filho (DEM)
Eu não tive nenhuma participação direta no governo. Como deputado sempre busquei o envio de recursos para a cidade mesmo sendo de partido diferente do prefeito. Na minha opinião, as diferenças partidárias não devem definir nossas ações para não prejudicar o cidadão. Por isso, apresentei mais de R$ 15 milhões em emendas para diversas áreas. Muito dos recursos não chegaram porque a Prefeitura não cumpriu com suas obrigações ou encontra-se em situação irregular junto ao governo federal. 
Com muita insistência, conseguimos o envio de R$ 1 milhão para a Segurança Pública que viabilizou a compra de 5 viaturas, dez motos e 24 bicicletas para a GCM. O Ministério do Trabalho também autorizou mais R$ 700 mil que devem ser aplicados na gestão dos CIET’s. 
Tenho na coligação partidos que tiveram, sim, membros que atuaram na gestão que se encerra. Isso não os desqualifica, uma vez que perceberam as dificuldades em que a cidade se encontram e optaram pela mudança. O que seria incoerente da parte destes parceiros seria perceber o erro e insistir nele. Quem nunca mudou de posição na vida?
Eles mudaram e o fizeram para o bem de Guarulhos. Não vieram me pressionando a nada. Estão ao meu lado porque acreditam na nossa liderança e estão dispostos a trabalhar muito para tirar a cidade da situação de abandono.
 
- Fausto Martello (PSD)
 Não participei. Pouquíssima gente nesta administração se salva.
 
- Néfi Tales (PPL)
 Eu, Néfi Tales, não. Já o meu partido, onde recentemente me filiei, apoiou o Almeida nas eleições municipais de 2012.
 
*Elói Pietá (PT), Guti (PSB), Jorge Wilson (PRB) e Wagner Freitas (PTB) não apresentaram suas propostas.
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário