Guarulhosweb
   

Pode não parecer, mas o Spin Activ 2017 mudou para valer

Ernesto Zanon    16/10/2016 17:12

 

No visual, a Chevrolet Spin 2017, mesmo em sua versão aventureira, a Activ, avaliada pelo GuarulhosWeb, não apresenta novidades marcantes. Segue com sua aparência meio esquisitona, que demorou para cair no gosto dos consumidores no quesito estética, mas que agradou bastante quem buscava espaço e desempenho. Tanto que é líder absoluto de vendas em sua categoria.
 
As mudanças da linha 2017 se concentram na mecânicas e na tecnologia, s que deixaram o monovolume mais econômico, ágil e prazeroso de dirigir. Durante a avaliação, foi possível perceber maior agilidade no trânsito urbano, com respostas rápidas do motor 1.8 da geração ECO, que entrega mais potência e força numa rotação muito mais baixa. Isso se traduz em acelerações e retomadas mais ágeis.
 
Para completar, a direção passa a ser elétrica, que garante respostas mais precisas e diretas. Segundo a Chevrolet, o sistema mais eficiente deixa de “roubar” potência do motor e filtra melhor as vibrações em pisos irregulares. Este sistema foi configurado para que o volante seja extremamente leve em manobras de estacionamento e mais firme e interativo em altas velocidades.
 
 
 
 
 
Visual aventureiro deixa monovolume mais agradável de se ver
 
O Spin Activ tem o visual aventureiro, que serve para quebrar um pouco aquela imagem um tanto sisuda das outras versões. Porém, por questões de segurança, ela não conta com a opção dos dois bancos traseiros, que elevam a capacidade para até sete passageiros.
 
O modelo se diferencia pelos para-choques pretos com apliques prateados na parte inferior, molduras nos para-lamas, saias laterais, adesivos na soleira das portas, estepe na tampa traseira, porta-objetos no assoalho do porta-malas, lanternas escurecidas, rodas de alumínio aro 16, bancos com revestimentos em tecido especial e painel com acabamento exclusivo. E nada de câmbio manual. A versão conta apenas com a eficiente transmissão automática.
 
 
 
Inovações quase não são percebidas
 
A Chevrolet mexeu bastante no caro para torná-lo mais eficiente. Entre as inovações tecnológicas, quase imperceptíveis para o consumidor, destaque para os novos freios e rolamentos, o novo conjunto de arrefecimento e o uso de materiais mais nobres para redução de peso.
 
Para famílias que apreciam conectividade, há inovações interessantes. O Spin passa a trazer o sistema OnStar com opção de navegação por setas projetada na tela do multimídia MyLink e aplicativo para smartphone com dispositivo de diagnóstico – informa a pressão de cada um dos pneus e a quilometragem total percorrida pelo automóvel.
 
O painel com velocímetro digital soma bússola, indicador de mudança de marchas e alerta de baixa pressão dos pneus. Ar-condicionado, computador de bordo, sensor de estacionamento traseiro, volante com controle das funções do rádio e telefone, acionamento das travas e vidros por controle remoto e terceira fileira de bancos são alguns dos itens disponíveis para o carro.
 
 
 
Novo motor garante maior economia
 
A Chevrolet trocou o motor 1.8 EconoFlex pelo 1.8 SPE/4 ECO, de nova geração, que desenvolve até 111 cavalos de potência e 17,7 mkgf de força com etanol. Já o pico de torque agora é atingido a apenas 2.600 rpm, exatamente 600 rpm antes do que o modelo anterior.
 
O Spin agora é capaz de rodar com um litro gasolina até 13,7 quilômetros na estrada e 11,8 quilômetros na cidade, conforme padrão do Inmetro, segundo informa a Chevrolet. Durante a avaliação, os números ficaram muito próximos desta marca. Com etanol, são 9,4 quilômetros e 8,1 quilômetros, respectivamente.
 
A transmissão automática continua sendo de seis marchas, no entanto, ganhou comportamento mais suave, mesmo no modo Active Select, que permite fazer as trocas manualmente por meio de teclas na alavanca do câmbio.
 
Para garantir esses números, o Spin 2017 teve mais de 100 componentes aperfeiçoados, aumentando a aplicação de aço de alta resistência em painéis e reforços. O carro ficou até 33 kg mais leve.
 
Freios mais eficientes energeticamente, novos rolamentos e pneus verdes também contribuíram para a redução significativa do consumo de combustível e melhora da performance. Um dos principais destaques é bastante inovador: a grade ativa do radiador (Active Grille Shutters). O sistema abre e fecha automaticamente a grade frontal de acordo com as condições de velocidade do veículo e necessidade de refrigeração do motor. Quando fechada, há redução do arrasto do ar e melhor aerodinâmica.
 
O monovolume é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,6s, números interessantes para a proposta do veículo.
 
OnStar em todas as versões
 
Para marcar a chegada do Spin 2017, itens adicionais de tecnologia, segurança, conveniência e conforto passam a ser disponibilizados para o veículo, como o sistema OnStar, exclusivo da marca Chevrolet.
 
O OnStar no Spin já vem com as mais recentes atualizações incorporadas à tecnologia, como o serviço de diagnóstico. Por meio do aplicativo, o usuário pode conferir a quilometragem total percorrida e a pressão dos pneus.
 
Outras vantagens que o OnStar traz para o consumidor são os serviços de Monitoramento em Rota e de Destino Seguro. No primeiro, caso a central de atendimento observe que o carro sofreu algum desvio da rota pré-determinada, será feito contato com os ocupantes do carro para verificar se há algo de anormal. Já o Destino Seguro consiste em uma ligação para quem o usuário indicar para avisar quando o veículo chegar a um local estipulado.
 
O OnStar permite que o usuário do Spin receba orientações de navegação por setas e/ou instruções de voz pelo sistema multimídia original do veículo, como já ocorre no Novo Cruze.
 
Sistema de telemática avançado, o OnStar oferece ao motorista mais de 20 serviços de emergência, segurança, navegação, concierge e conectividade em um patamar jamais visto no mercado automotivo nacional.
 
Pressionando um botão no retrovisor interno, o usuário é conectado a uma central com atendimento humano que oferece serviços como pesquisas rápidas na internet, além de assistência mecânica, elétrica ou médica.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário