Guarulhosweb
   

Quilômetros de vantagem

Ernesto Zanon    07/12/2016 07:47

 

Alguns assessores do prefeito eleito Guti (PSB) estão assustados com a quantidade de problemas que vêm encontrando em contratos da administração municipal a que já tiveram acesso, durante este período de transição. Chamam a atenção as formas utilizadas por prestadores de serviços, de diferentes áreas, para justificar os valores cobrados (e muito bem pagos) pela Prefeitura nos últimos anos. Como se costuma dizer no jargão policial, o modus operandi utilizado é sempre o mesmo.
 
 
 
Nivelar para baixo
 
Gente ligada à atual administração, percebendo que pode ter sérios problemas a partir de 1º de janeiro, quando tudo de errado feito nos últimos 16 anos deve vir à tona, começa a utilizar uma prática velha conhecida de quem está acuado: promover ataques, muitas vezes infundados, contra aqueles que se tornarão seus algozes, numa foram de nivelar todos para baixo. No entanto, a equipe do novo prefeito já prepara vacinas para não ficar a mercê desse tipo de atitude. Se vai dar certo? Só o tempo dirá.
 
 
 
Inflável ou inflamável?
 
Por mais bem intencionados que foram aqueles que patrocinaram a instalação de uma árvore de Natal inflável no Bosque Maia, para corrigir o problema deixado pela Prefeitura que não decorou o local, o resultado é bastante duvidoso. Os comentários esquentaram nas redes sociais. Afinal, o ornamento, de 15 metros de altura, mais parece um “João bobo”, passando a impressão que está pronto para voar a qualquer vento mais forte. Alguns arriscam dizer que seria melhor passar a data em branco.
 
 
 
Só em Osasco?
 
A decretação de prisão preventiva de mais de uma dezena de vereadores de Osasco, incluindo o prefeito eleito, Rogério Lins, que é do mesmo PTN do parlamentar guarulhense João Dárcio, chamou a atenção também em Guarulhos. Afinal, o motivo da ação, comandada pelo Ministério Público Estadual, tem como base a constatação de que existem funcionários fantasmas na Câmara daquele município. Qualquer semelhança com Guarulhos não é mera coincidência. Talvez, a principal diferença resida no fato de que as ações por lá prosperam.
 
 
 
Muito ao contrário
 
Sete vereadores eleitos - que estiveram na campanha derrotada de Eli Correa Filho (DEM) - dão os primeiros sinais de que poderão integrar a base aliada de Guti (PSB). Em vez de oposição ou situação, eles se declaram “centrão”. Ou seja, garantem que trabalharão a favor do que julgarem ser “bom para Guarulhos”.  O grupo - que reúne Romildo Santos, Laércio Sandes, Ramos da Padaria e Professor Jesus, todos do DEM, além de Carol Ribeiro e Lameh, do PMDB, e Serjão Inovação (PSL), - fez o anúncio durante almoço ontem.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

21/02 07:16
Obra de ficção
17/02 07:37
Via rapidíssima
16/02 06:35
Do lixo
15/02 06:39
De olho no tempo
14/02 07:08
Na própria carne