Guarulhosweb
   

Possível rejeição de PL que cria cargos na Prefeitura não atrapalhará Guti

Redação Guarulhosweb    16/12/2016 10:39

 

O prefeito eleito Guti (PSB) não vê qualquer problema na possível rejeição do projeto de lei do atual chefe do Executivo, Sebastião Almeida (PT), que recria 1.941 cargos comissionados na administração. Na sessão desta quinta-feira da Câmara Municipal, vereadores do DEM e do PT se manifestaram contrariamente ao PL, como se isso pudesse atrapalhar o início do próximo governo, já que os atuais 1.941 funcionários comissionados serão exonerados no próximo dia 31, devido a uma Ação Direta de Insconstitucionalidade sobre a última lei que regulamentou essas funções. 
 
Na terça-feira, o GuarulhosWeb publicou que o Almeida se tornou réu numa Ação Penal por criar e recriar leis, desde 2009, numa verdadeira afronta a decisões judiciais. Mesmo assim, projeto de igual teor, que mais uma vez tenta regulamentar os 1.941 cargos voltou a tramitar na Casa e entrou na pauta desta quinta-feira. 
 
Curiosamente, foram os vereadores do PT de Almeida, que ao longo dos últimos anos se beneficiaram com indicações para ocupar os cargos comissionados, que mais se posicionaram contra o projeto do atual prefeito. Edmilson Souza e José Luiz usaram a tribuna mais de uma vez para atacar a proposta. Apenas o líder do governo, Samuel Vasconcelos, defendeu a aprovação, com o argumento de que os comissionados ocupam funções fundamentais para o bom andamento da cidade. 
 
Parlamentares do DEM,que apoiaram o derrotado Eli Correa Filho (DEM) nas eleições para prefeito, engrossaram o coro, como se a rejeição possa criar dificuldades principalmente no início da gestão de Guti. No entanto, o prefeito eleito, via assessores, deixou claro que não está preocupado com a questão, já que o PL em discussão é do atual prefeito. 
 
Guti deixa claro que cortará imediatamente 30% no mínimo da folha de pagamento com os comissionados e que o projeto de Almeida não contempla o que ele pretende implantar na Prefeitura. Disse que poderá convocar a Câmara no início de janeiro para sessões extraordinárias, que discutirão um projeto seu, que inclua exatamente os cargos necessários.  
 

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Adriano 19/12/2016 13:12

    comissionado trabalhador

    Só porque são comissionados não quer dizer que são vagabundos, conheço colegas comissionados na prefeitura e trabalha muito, até melhor do que um efetivo hoje, e ainda por cima tem família e filhos para sustentar, quanto outros comissionados não fazem nada só registra o posto e vai embora.

  2. Anônimo 18/12/2016 17:10

    diversos

    Foram 16 anos sem cumprir a lei de concurso interno para os estatutários. Talvez a lei seja cumprida à partir de 2017 e nosso profissional valorizado, mas desejo isso a toda categoria de concursados.(estatutários - celetistas - professores, etc...).-Tivemos dois concursos num montante de 8 p/16 anos

  3. Paulo 17/12/2016 11:45

    Esses 2.000 comissionados são mal defendidos, afinal eles poderiam usar o mesmo argumento dos 38 marajás que se escondem na câmara de vereadores onde todos os defendem, incluso o futuro prefeito.

  4. Thiago Perez Savio 16/12/2016 19:13

    Qualificação do serviço público

    Grande oportunidade para o futuro Prefeito qualificar o serviço público, substituindo comissionados por concursados. O salário do concursado é menor que o comissionado pela mesma função e a produtividade é quase sempre a maior. Compromisso com o município e não com o padrinho.

  5. Anônimo 16/12/2016 19:12

    Tem é que enxugar mesmo e moralizar!

    Os comissionados só estão lá porque são amigos ou parentes ou "lambe botas" de algum político. Esse trem da alegria tem que acabar. Tem que haver reestruturação do funcionalismo municipal para que os funcionários que foram subutilizados voltem a ser realmente úteis ao serviço.

  6. Rodrigo 16/12/2016 16:27

    Esta enganada

    Sr. Flavio respeito sua opiniao, porem quando se entra na politica com cargo comissionado, existe um preço a ser pago e agora com a troca de governo, todos os petistas q estao na pmg serao exonerados independente desta lei!!! Politica é isso 16 anos comissionados agora quer colocar culpa em quem???

  7. Anônimo 16/12/2016 15:32

    comissionados

    Guti sabia que o funcionálismo estava a favor dele porque usou como uma de suas plataforma, a retirada dos comissionadeos. Agora vem só com 30%? Conheço muitos que vem só pra usar telefone.

  8. Flavio 16/12/2016 11:45

    Desemprego

    Vários pais de famílias trabalhadores serão demitidos por causa do PT e do DEM... Eles estão com o bolso cheio, pra que se preocupar com o povo. ..

Visualize todos os 8 comentários

Insira um comentário