Guarulhosweb
   

Porta dos fundos

Ernesto Zanon    03/01/2017 08:45

 

Não poderia ser mais melancólico o fim do governo de Sebastião Almeida (PT) em Guarulhos. O ex-prefeito, apontado por pesquisas recentes como o pior da história da cidade, saiu do cargo – literalmente – pelas portas dos fundos. Diferente de seu colega de partido, Fernando Haddad, que teve a hombridade de comparecer à transmissão de cargo a João Dória (PSDB), na Capital, Almeida não se dignou a participar da cerimônia em Guarulhos. Para o novo prefeito Guti, é hora de olhar para frente e deixar esse passado nefasto para trás.
 
 
 
Companheiros e covardes
 
Liderada pelo deputado estadual Alencar Santana, a bancada de vereadores do PT protagonizou um espetáculo de covardia em relação a Almeida. Que pese a absurda decisão do ex-prefeito em majorar as tarifas de ônibus em 18,4%, a postura dos petistas ao execrar publicamente o velho companheiro de tantas jornadas, demonstrou – no mínimo - falta de compromisso e respeito a alguém que foi responsável pela construção política de cada um deles.  Comprovaram o que muitos já perceberam. Para o PT, não há escrúpulos quando o assunto é poder.  
 
 
 
Fora do PT
 
Não à toa, já é dada como certa a saída de Almeida do PT. Não existe mais ambiente para a permanência dele no partido, responsável por destruir Guarulhos nos últimos 16 anos. Tanto é assim que o ex-prefeito já trabalha para assumir o PDT. Se não tiver os direitos políticos cassados, devido aos processos que responde na Justiça, sabe-se lá como, deverá tentar uma vaga na Câmara Federal em 2018.
 
 
 
Dia de selfies
 
Guti demonstrou, durante a tarde de domingo, quando recebeu a população no gabinete do Bom Clima, que não pretende virar as costas para quem o elegeu. De forma tranquila e com toda a paciência do mundo, posou para fotos com centenas de pessoas que o abordaram. O resultado pode ser visto nas redes sociais, onde a cena mais comum foram internautas postando as fotos ao lado do novo prefeito.
 
 
 
Presença de destaque
 
Entre as dezenas de autoridades que foram à posse no Bom Clima, há que se destacar a presença do ex-prefeito Vicentino Papotto, que governou Guarulhos entre 1993 e 1996, mas que enfrenta sérios problemas de saúde. Até poucos dias atrás, estava internado numa UTI de um hospital na capital. Ao lado da esposa Mercedes e da filha Cláudia, encontrou forças para subir ao palco e ser aplaudido, quando foi respeitosamente chamado por Guti.
 
 -- 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

15/09 07:16
Guerra santa
12/09 07:37
Roubaram nosso verde
01/09 07:46
Gosta de apanhar?