Guarulhosweb
   

Conflitos de interesses

Ernesto Zanon ? Especial para o GuarulhosWeb    04/01/2017 07:23

 

Qualquer mudança de governo gera conflitos. E não poderia ser diferente no momento em que Guti (PSB) assume como prefeito de Guarulhos depois de 16 anos de PT, um período nefasto para a história da cidade. Com a necessária exoneração de mais de 1.900 cargos comissionados, para atender a uma decisão judicial não cumprida pelo ex Sebastião Almeida (PT), muita gente se viu desempregada de uma hora para outra, o que causa diferentes tipos de interpretações, dependendo do grau de interesse dos envolvidos.
 
 
 
Caso a caso
 
Óbvio que entre os demitidos, existe muito servidor essencial para a administração municipal, que realmente trabalhava, empenhando-se em seus afazeres. Porém, a forma como foram contratados, segundo a decisão judicial, não tinha sido correta, levando Almeida a sofrer, inclusive, uma Ação Penal por editar e reeditar leis com os mesmos erros. Guti não tinha outra opção que não fosse exonerá-los. Mas isso não significa, em hipótese alguma, que todos ficarão sem trabalho. Os casos serão revistos um a um. Mas é óbvio o número de comissionados diminuirá sensivelmente.
 
 
 
Crise no ABC
 
Uma postagem maldosa feita contra o prefeito Guti por causa das exonerações sugeria que a decisão iria impactar diretamente na economia de Guarulhos. Para sustentar a tese, o texto apresentava uma cifra irreal sobre o valor que deixaria de ser pago em salários pela Prefeitura, principalmente a servidores que gastam no comércio da periferia. Porém, ao analisar os endereços de muitos demitidos, conclui-se que a medida causará impacto negativo sim, mas será na economia das cidades do ABC paulista, de onde vieram centenas de funcionários comissionados apadrinhados pelo PT.
 
 
 
Postura republicana
 
O vereador do PT, Rômulo Ornellas, deu uma verdadeira lição a seus colegas de partido de como deve ser a relação republicana entre os poderes Executivo e Legislativo. Já na segunda-feira, foi ao gabinete de Guti para uma visita de cortesia, quando manifestou sua intenção de fazer uma oposição equilibrada, sem ser raivosa, defendendo – acima de tudo – os interesses da cidade. Tudo foi transmitido por uma “live” pelo Facebook do parlamentar.
 
 
 
Perdeu
 
Já o também petista reeleito, José Luiz, demonstrou que não sabe perder. Licenciado do cargo legislativo durante quase todo o último mandato, foi o presidente da Proguaru, deixando a empresa numa situação quase falimentar, segundo informações obtidas junto a novos diretores. No entanto, usou as redes sociais para reclamar que a administração promoveu uma verdadeira “caça às bruxas” na segunda-feira ao promover demissões. Será que ele imaginava que o governo Guti iria permitir a perpetuação da farra dos “carguinhos”?

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

15/09 07:16
Guerra santa
12/09 07:37
Roubaram nosso verde
01/09 07:46
Gosta de apanhar?