Guarulhosweb
   

Pela nova política, Guti espera que os poderes trabalhem em harmonia

Antônio Boaventura    04/01/2017 11:20

 

Foram quatro dias de sucessão ao ex-prefeito Sebastião Almeida (PT), uma dívida de R$ 4,4 bilhões para ser sanada, imbróglio da tarifa do transporte público e o pagamento da indenização trabalhista de quase 2 mil funcionários comissionados demitidos. Este é o saldo dos primeiros dias de mandato do prefeito Guti (PSB). Tarefas estas que passam pelo conhecimento e até o crivo dos três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário. No entanto, o novo mandatário prega a harmonia dos mesmos para que esta situação negativa possa ser revertida.
 
“Os vereadores vão dialogar muito e debater na tribuna para exercer a democracia, mas vai ser na rua ouvindo a população e sabendo o que precisa em cada bairro que a nova política vai acontecer. É por isso rogo aqui, a Câmara de Guarulhos, Executivo e Judiciário também, temos de respeitar os limites de cada poder, mas temos que andar juntos”, explicou o prefeito Guti.
 
Eleito com uma margem expressiva de votos no segundo turno do último pleito eleitoral – quase 500 mil votos – Guti entende terá uma árdua missão para recolocar a cidade nos eixos. Entretanto, o chefe do Poder Executivo ressalta a importância que esta representação popular possui para ele e os 34 parlamentares escolhidos para administrar o município pelos próximos quatros anos.
 
“Temos uma grande tarefa. Pra alguns pode parecer uma simples assinatura, mas só quem foi o eleito sabe o quanto essa pequena marca em um papel pesa na sociedade guarulhense. Nós temos que honrar cada voto e cada assinatura mostrando o melhor e levando qualidade de vida para o cidadão guarulhense”, declarou o representante do PSB.
 
E por fim, Guti explica que a melhor forma de agradecer o apoio que teve nas urnas é transformar a retórica, diálogo ou palavras em ações efetivas que possam contribuir de fato para o progresso social dos mais de 1,3 milhão de habitantes que Guarulhos possui. Ele também ressaltou o seu empenho e desejo em mudar o cenário crítico econômico e social que a cidade se encontra.
 
“Quero agradecer Guarulhos com trabalho duro. E não é com palavras que a gente consegue agradecer o que Guarulhos mostrou nessas urnas. Foram quase 500 mil votos de um novo projeto, além de acreditar que as coisas podem acontecer. As coisas têm que melhorar. E não é aqui, numa tribuna, que a gente vai fazer acontecer. É trabalhando duro”, finalizou.

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. sandro 12/01/2017 00:26

    Ingles ver!!

    Como pode ter nova politica se o velho pensamento continua , gastam milhões para campanha, aceitam doações das empresas pois elas tem interesse nisso, doam com interesses + salários altos com verbas pra todos os lados, burro quem acha que politico está preocupado com a população mas sim com o bolso

  2. Wander Fortunato 05/01/2017 14:29

    Secretarios Adjuntos???

    Nova Politica??? E a mamata dos Secretarios Adjuntos que ganham 15 mil reais por mes sem funçao nenhuma continua!!!

  3. Claudeni Moreira 04/01/2017 12:58

    Juntos somos mais fortes

    Tenho certeza que nosso prefeito irá focar em melhorar as condições da população e não em fazer alianças com políticos e empresários corruptos, assim terá nosso total apoio para lutar contra os poderes que forem contra os interesses da população

Insira um comentário