Guarulhosweb
   

Ação contra o Aedes aegypti é retomada em diversos bairros de Guarulhos

Redação Guarulhosweb    06/01/2017 18:06

 

 A partir deste sábado, dia 7, cerca de 300 agentes de saúde estarão fazendo uma grande mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, em diferentes pontos da cidade.
 
Trata-se da primeira ação deste ano do programa estadual “Todos juntos contra o Aedes aegypti”, que repassará incentivo financeiro aos municípios que aderirem à campanha. Guarulhos renovou a parceria com o governo do Estado e a ação será repetida todos os sábados, até 30 de abril.
 
Cerca de 5.600 imóveis de diferentes regiões da cidade deverão ser visitados neste sábado. Os agentes trabalharão em duplas, sendo que cada uma delas terá como meta vistoriar 40 imóveis. Desta forma, é importante que a população receba o profissional e faça a sua parte para combater o mosquito, eliminando todo e qualquer recipiente que possa acumular água parada.
 
“Ainda que as pessoas já cuidem dos detalhes domésticos, as chuvas deste período podem ocasionar novos criadouros”, lembra o secretário de Saúde Roberto Lago. Ele destaca que a eliminação de pontos de concentração de água deve ser prioridade na rotina das pessoas, seja no ambiente familiar ou até mesmo no trabalho.
 
Nesta primeira ação, os agentes da Secretaria de Saúde visitarão residências nos bairros Vila Galvão (da região lago dos Patos até a divisa com a rodovia Fernão Dias), Ponte Grande, Jardim Munhoz, Cidade Seródio, Parque Santos Dumont e Parque Jurema. A concentração das equipes será às 8 horas.

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Anônimo 09/01/2017 08:24

    denúncia

    bom dia! No bairro jd bela vista, esquina com rua humberto brochini com rua chibata tem um imóvel que no passado recebia sucata e hoje está murado e na parte interna tem lixo e com certeza foco do mosquito. Onde Posso registrar esta solicitação, para que seja vistoriado e se possível multado.

Insira um comentário