Guarulhosweb
   

Ex-integrantes do governo Almeida são abrigados em outras cidades

Antonio Boaventura - Do GuarulhosWeb    23/01/2017 11:32

 

Integrantes da antiga gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida, que deixou recentemente o Partido dos Trabalhadores, estão sendo abrigados em outras Administrações Públicas. Este é o caso de Atílio Pereira, ex-secretário de Transportes e Trânsito (STT), Moacir Souza, ex-vereador e gestor da Educação, e o ex-presidente da Liga do Desporto, Jean Gaspar, prestador de serviço da Educação.
 
Moacir Souza (PT), que abdicou de buscar a reeleição para o parlamento guarulhense em detrimento de estar na condição de vice-prefeito na candidatura do ex-prefeito Elói Pietá (PT), está alocado no gabinete do deputado estadual Auriel Brito (PT), na Assembleia Legislativa (Alesp). Com Auriel, o ex-vereador irá exercer a função de Assistente Parlamentar VII.
 
O ex-secretário de Transportes e Trânsito (STT), Atílio Pereira, já tem seu destino definido. A convite do prefeito eleito Ângelo Perugini (PDT), Atílio assumiu a secretaria de Serviços Urbanos da cidade de Hortolândia (SP). Na cidade de Guarulhos, Pereira foi responsável pelo processo de reorganização do transporte coletivo da cidade durante a gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida.
 
Durante a administração de Moacir à frente a secretaria de Educação, Gaspar com a Liga do Desporto tinha a incumbência de trabalhar situações que pudessem de aproximar o esporte da educação com trabalhos desenvolvidos nas unidades do CEU (Centro Unificado de Educação). Essa prestação de serviço entre as partes custou aos cofres públicos a quantia de R$ 5 milhões.
 
No entanto, no final de 2014 o contrato com a Liga do Desporto foi encerrado pela Prefeitura e a mesma meses depois deixou de existir. Mas isso não foi problema para Jean Gaspar. Ele assumiu a presidência do PRB da cidade de Barueri (SP) e foi agraciado pelo prefeito local, Rubens Furlan (PSDB), com a secretaria de Cultura e Turismo do município durante a gestão do mandatário tucano.
 

 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário