Guarulhosweb
   

Sem trégua

Ernesto Zanon    24/01/2017 07:32

 

No 3º domingo como prefeito, Guti (PSB) não teve folga. Nos dois finais de semana anteriores, ele se envolveu diretamente nos mutirões para revitalização do Bosque Maia, Parque Chico Mendes e Fracalanza. Desta vez, o cenário foi bem mais dramático, já que foi pessoalmente, junto ao vice Alexandre Zeitune (Rede) e secretários municipais, acompanhar os trabalhos em pontos atingidos pelas fortes chuvas de sábado.
 
Pé na lama
 
Após organizar força-tarefa no Paço Municipal, com a presença de secretários e dos mandatários de Saae e Proguaru, Guti foi no domingo cedo primeiro para o Jardim Fortaleza, onde foi recebido pelo vereador Eduardo Barreto (PCdoB), que tem reduto eleitoral no bairro. A situação encontrada foi bastante triste. Além do deslizamento de terra, que atingiu algumas casas, o prefeito viu como um córrego está levando embora uma avenida, construída sem a infraestrutura necessária para suportar a força das águas.
 
Dia de caos
 
Moradores do Fortaleza se surpreenderam com a presença de Guti e Zeitune em um dia de caos. Alguns lembraram que o ex-prefeito Sebastião Almeida (ex-PT) só foi ao bairro durante oito anos algumas poucas vezes, “mesmo assim em dias de sol, para fazer promessas que nunca foram cumpridas” ou inaugurar obras mal acabadas. Barreto, que era da base do governo passado e apoiou Eli Correa Filho (DEM) na disputa para a Prefeitura, reconheceu o esforço do novo governo nas redes sociais. “Agradeço aqui de público o comportamento do prefeito Guti e do vice-prefeito Alexandre Zeitune e equipe”.
 
Limpeza
 
O presidente da Proguaru, José Roberto Vomero, chamou a atenção para a importância da limpeza como medida de prevenção. Ele citou o caso da avenida Monteiro Lobato, que chegou a ficar interditada na segunda-feira passada após o transbordamento do córrego que passa no local. Em caráter emergencial, a empresa retirou todo tipo de lixo, incluindo móveis e objetos maiores que são descartados pela população nas ruas e que acabam nos cursos de água. Após o trabalho realizado, o mesmo ponto, apesar da intensidade da chuva deste sábado, apresentou danos bem menores.
 
Civilidade zero
 
Que Guarulhos enfrentaria problemas neste mês era mais do que previsível, já que trabalhos de prevenção, que deveriam ter sido realizados ao longo de todo o ano, não ocorreram. Veio o verão e pegou a cidade cheia de lixo por todos os lados. Junte-se à omissão da gestão passada a falta de educação de boa parte da população, que abandona todo tipo de dejeto espalhado por ruas, avenidas, terrenos, beira de córregos. Sem tirar as responsabilidades do poder público, um pouquinho mais de civilidade faria um bem enorme para toda a coletividade. 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

28/04 07:10
Capital-trabalho
27/04 07:18
Guarulhos perde
26/04 07:08
Adesão forçada
25/04 07:23
Até no Fantástico
21/04 09:01
Só primeiro tempo
20/04 07:07
Juíza afastada