Guarulhosweb
   

Barba, cabelo

Ernesto Zanon    25/01/2017 07:44

 

O PSB, partido do prefeito Guti, acaba de fechar acordo para apoiar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM) para a presidência da Câmara Federal, seguindo o mesmo caminho de outras siglas aliadas em Guarulhos, como PPS, PSDB e PRB, entre outros. Levando-se em consideração que o democrata é também o nome preferido da base do presidente Michel Temer (PMDB), a administração municipal tem tudo para se fortalecer também em nível federal, como já ocorre na relação com o Governo do Estado.
 
E bigode
 
Desta forma, pela primeira vez nos últimos 20 anos, a Prefeitura de Guarulhos consegue falar a mesma língua dos governos estadual e federal. Os resultados devem se traduzir em importantes parcerias, como a já fechada entre Saae e Sabesp, que permitiu uma melhora considerável no abastecimento de água da cidade. Alguns secretários comentam que muita coisa importante para o município deixou de ser feita simplesmente pelo fato de nunca haver diálogo entre as diferentes esferas de poder.
 
Torre de babel
 
Durante os últimos anos, a falta de diálogo também ocorria dentro da cidade e entre diferentes órgãos e secretarias da Prefeitura, que eram dominados por verdadeiros feudos. Pode até parecer absurdo, mas servidores eram barrados em prédios públicos da mesma pasta que ocupavam, que eram comandadas por um outro grupo político. Em alguns casos, tinha gente da própria secretaria proibido de entrar em determinados recintos.
 
Adjuntos trabalhando
 
Contrariando uma velha máxima que corria na administração municipal, que criou a cultura de que os secretários adjuntos figuravam como verdadeiros adversários dos titulares, Guti está conseguindo mudar este quadro. Até mesmo em pastas em que a dupla veio a se conhecer depois de empossada no cargo, está ocorrendo sintonia. E o melhor: os adjuntos, que em outros tempos poderiam ser considerados apenas figuras decorativas, estão trabalhando mais do que nunca.
 
Casa caindo
 
A desocupação de 60 apartamentos do Portal Flora ontem, devido ao risco de desabamento, é o retrato fiel dos desmandos administrativos nos últimos anos não só em Guarulhos, mas no Brasil como um todo. O empreendimento do Minha Casa, Minha Vida, inaugurado em agosto com festa e pompa pelo ex-prefeito Sebastião Almeida (ex-PT), além de demorar vários anos para ficar pronto, não tinha a mínima condição de ser entregue à população. Mal feito, não contou com qualquer planejamento urbanístico. Nem mesmo um plano para garantir o abastecimento de água àquela região foi concebido. 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

22/08 07:32
Quem deve
18/08 07:38
Guarulhos 2040
17/08 07:34
E tome mistério
16/08 07:27
Papéis trocados