Guarulhosweb
   

Longe do ralo

Ernesto Zanon    02/02/2017 07:08

 

Depois de 24 meses, o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) voltou a pagar uma fatura para a Sabesp, relativo à compra mensal de água. Na terça-feira, a autarquia municipal enviou R$ 4,7 milhões para a companhia estadual como parte do pagamento de janeiro, numa demonstração de que a relação – que caminhava para o litigioso – ganhou ares de reconciliação. Agora, o contribuinte – que paga a conta de água em dia – sabe que seu dinheiro não está indo mais para o ralo.
 
Onde passa um boi
Não é só o ex-prefeito Sebastião Almeida que está deixando o PT. A debandada do partido, que deve levar embora logo logo mais dois vereadores reeleitos, se estende a outras figuras importantes e de grupos distintos dentro da legenda. Ex-diretor da Secretaria Municipal de Educação, Fernando Sapum, que teve 3.635 votos em outubro, ficando com a segunda suplência do PT na Câmara Municipal, está de malas prontas, rumo a outra agremiação política, provavelmente afinada com a nova administração.
 
Nas ondas do rádio
Um velho sonho da área de comunicação guarulhense está prestes a ser viabilizado. Uma rádio, que tem concessão para funcionamento em Guarulhos em AM, deverá entrar no ar nos próximos 60 dias, com programação voltada ao município, inclusive com programação jornalística. No entanto, a emissora em breve irá migrar para FM, a partir de um processo já em curso junto à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).
 
Negociação
O secretário municipal de Saúde, Roberto Lago, demonstrou habilidade como negociador no embate com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), que administra o Hospital Pimentas-Bonsucesso, que estava em vias de ser atingido por uma greve de funcionários devido aos atrasos de salários. Ele reconheceu que a gestão anterior deixou dívidas com a instituição, providenciou os repasses possíveis em janeiro e iniciou conversas que tiveram como objetivo principal manter o atendimento à população. Por enquanto, a paralisação está descartada.
 
Um novo início
Com o início hoje das sessões parlamentares da Câmara Municipal, o prefeito Guti (PSB) começará uma nova fase de seu recente mandato, já que os vereadores aliados e da oposição passarão a ter voz e voto. Até para atestar quem é quem dentro do Legislativo, é provável que o chefe do Executivo não se exponha neste primeiro momento, aguardando um pouco mais para encaminhar projetos que possam se tornar polêmicos para a Casa. 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

28/06 07:24
Parar ou não parar?
27/06 07:32
Alô, alô, terra!
22/06 07:28
Por onde anda?
21/06 06:36
Adjunto no front
20/06 07:36
Novo comando verde