Guarulhosweb
   

Bom começo

Erivan Monteiro    17/02/2017 07:13

 

NÃO SE PODE negar o bom início de trabalho do técnico Rogério Ceni à frente do elenco do São Paulo. Diante do Santos, na Vila, o Tricolor mostrou muita maturidade, principalmente no primeiro tempo, quando o time alvinegro pressionou bastante e abriu o placar. Com bom toque de bola e velocidade na saída de bola, para os contra-ataques, o São Paulo “deitou e rolou” na defesa improvisada do Santos e virou para 3 a 1. E ainda foi pouco...

SEMPRE ACREDITOU

QUEM DEVE estar muito feliz com essa ascensão de Rogério Ceni é o jornalista e xará do Mito, Rogério Achilles. O ex-narrador da Rádio Bandeirantes, que hoje vive em Piracicaba-SP, era o assessor de imprensa do Tricolor quando o ex-goleiro chegou ao Morumbi ainda chamado apenas de Rogério. Como na época havia o zagueiro Rogério Pinheiro, o camisa 1 passou a ser chamado de Rogério Ceni por sugestão de Achilles. São-paulino fanático, o radialista conta sempre essa história, com muito orgulho, é claro.

SERÁ MESMO?

SÓ NÃO ENTENDO a insistência de Ceni em dizer que, como técnico, só irá comandar o Tricolor Paulista. Isso mesmo. Ele garante que não colocará a camisa de outro clube brasileiro em respeito ao São Paulo. O problema é que dificilmente ele ficará 10, 20 anos à frente do Tricolor. Por mais que seja o maior ídolo da história do clube, Ceni sabe que o futebol brasileiro não funciona assim. Talvez, ele pense em fazer carreira no exterior após passar pelo Morumbi. Só se for isso...

 

DEU CORINTHIANS

O BLOG “Pombo sem Asas”, do jornalista Bernardo Pombo, do GloboEsporte.com, fez um levantamento interessante com estrangeiros que moram no Brasil, muitos deles sem ligação com o futebol. A pergunta era para saber quem tem o mais bonito escudo do futebol brasileiro. O resultado deu Corinthians, com 54 pontos, seguido do Sport, com 41, Flamengo com 38 e Botafogo, com 32 pontos.

RIVAIS INSTÁVEIS

OS MAIORES RIVAIS do futebol paulista vivem momentos de instabilidades neste início de temporada. Palmeiras e Corinthians têm duas vitórias e uma derrota em três rodadas do Paulistão, não vêm apresentando um bom futebol e seus técnicos, Eduardo Baptista e Fábio Carille, respectivamente, ambos jovens e em início de carreira, não são apostas de suas respectivas torcidas. O clássico da próxima semana será muito importante para a sequência ou não de seus trabalhos.

 

ZEBRA LIDERA

NÃO HÁ DÚVIDAS de que o Grupo 4 é o mais equilibrado do Campeonato Paulista, pois tem os atuais campeões e vice do Estado, Santos e Audax, além da Ponte Preta, considerada apenas menor que os quatro grandes. No entanto, quem lidera é o “patinho feio” do grupo, o Mirassol. O time da região de Rio Preto ganhou todos os pontos em três rodadas e reina soberano até aqui como o melhor da competição. De olho concorrência!

 

MAIS HOMENAGENS

UM CASAL de torcedores do Atlético de Medellín inaugurou há cerca de duas semanas um bar temático em homenagem à nossa querida Chapecoense. O local tem tudo que lembra o time de Santa Catarina, desde o escudo do clube espalhado por todos os cantos até imagens dos jogadores que se foram na tragédia que chocou o mundo em novembro do ano passado. É um ponto turístico para os torcedores, já que fica a poucos metros do estádio Atanásio Girardot.

 

POTTKER NO INTER

APÓS TRANSAÇÃO frustrada para o Corinthians, o atacante Willian Pottker está de malas prontas para o Internacional. A Ponte Preta, porém, só irá entregá-lo após o Paulistão – num acordo semelhante àquele que faria com o Corinthians. Como a prioridade do Colorado é a volta à Série A, a diretoria do clube gaúcho não se importou em não poder utilizar o goleador na Copa do Brasil. A transação irá render aos cofres do time campineiro R$ 6,5 milhões, mais o volante Fernando Bob, que já passou pelo Majestoso.

 

DÉRBIS REGIONAIS

O INTERIOR tem alguns confrontos interessantes, os chamados dérbis regionais. Botafogo x Comercial, o tradicional “Come-Fogo” de Ribeirão Preto; Ponte x Guarani, considerado o maior clássico do interior paulista; e Inter x Independente, o duelo limeirense, são alguns exemplos. Porém, destaque importante também para o dérbi entre Rio Claro x Velo Clube. Ambos jogaram nesta semana na casa do Rio Claro, mas o duelo terminou sem gols. Porém, mesmo atuando fora de casa, os simpatizantes do Rubro-Verde foram maioria no Estádio Augusto Schimidt Filho. Parece ser consenso que, em Rio Claro, de cada 10 torcedores, pelo menos 7 são velistas.

 

VITÓRIA E ALÍVIO

O FLAMENGO-SP jogou e venceu o Rio Branco, de Americana, pela contagem mínima, atuando em seu estádio, nesta semana, pela quinta rodada da Série A3. Beleza. Precisava do resultado para dar mais tranquilidade à sequência da competição. O resultado manteve o Rubro-Negro na zona de degola, é verdade, mas a expectativa agora é por mais um triunfo, agora diante do Monte Azul, neste domingo, às 10 horas, também em Guarulhos. O Mengo é o atual 17º colocado da Série A3, com quatro pontos em cinco partidas.

 

FRASE DA SEMANA

“Não é implicância, não. É função minha fazer a equipe jogar. A cobrança da torcida é para ver o time campeão de 2016 jogando. Não me incomoda.”

Eduardo Baptista, técnico do Palmeiras, minimizando as vaias de parte da torcida a seu trabalho.

 

 

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo – e-mail para essa coluna: erimonteiro@usp.br

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

16/09 15:57
Olha que dá!
26/08 22:26
Uma boa 1?
13/08 10:48
De camarote
29/07 20:49
Que jogo
22/07 16:41
Queda?
24/06 10:46
Mais agilidade