Guarulhosweb
   

Pressão na Vila

Erivan Monteiro    25/02/2017 09:10

 

AS ÚLTIMAS atuações e a terceira colocação no Grupo D, atrás do surpreendente Mirassol e da Ponte Preta, colocam o Santos em pressão total. Torcida não aguenta mais a má vontade de Lucas Lima. A defesa também tem falhado muito. Time precisa retomar urgente o caminho das vitórias porque o Paulistão é de “tiro curto”. Ser eliminado na fase inicial do Estadual seria um vexame para o clube que foi finalista da competição desde 2009 de forma ininterrupta.

 

FIEL AMA

JÁ O GRINGO Kazim, ao contrário de Lucas Lima, está em alta com sua torcida. O inglês-turco que joga no futebol brasileiro já conquistou da Fiel Torcida e, de fato, vem atuando bem e justifica a titularidade. Nem mesmo o fato de ter marcado o gol da vitória em cima do Palmeiras me parece suficiente para Jô neste momento. Kazim, além de jogar bem, é “boa praça”. É a união de bom futebol e carisma.

 

‘O CULPADO’

O TÉCNICO Eduardo Baptista achou o “culpado” para a falta de futebol de sua equipe: os desfalques. Para ele, o número de lesionados, principalmente no meio-de-campo, tem sido o maior problema. Tchê Tchê, Moisés e Felipe Melo são as baixas no setor. No entanto, para o torcedor, isso não é justificativa diante de um elenco estrelado que o Palmeiras tem.

 

FELIZ POR ELE

EU CONHEÇO o técnico Moisés Egert há pelo menos 10 anos. Acompanhei sua trajetória de vários acessos (três no total) com o XV de Piracicaba, culminando com a taça da Série A2 em 2008, quando levou o querido Nhô Quim à elite do Paulista, Além disso, conquistou o título da Copa Paulista com Noroeste em 2012. É um técnico competente que está fazendo um excelente trabalho no Mirassol, atualmente a melhor equipe do Paulistão-2017.

 

À DISPOSIÇÃO

O GOLEIRO Bruno deixou a prisão nesta sexta-feira (24). E já se diz animado com a possibilidade de voltar aos gramados. Segundo seus advogados, ele pode ser contratado até por clubes do exterior. A questão é como reagirá a torcida brasileira perante o clube que o contratar. Todos têm direito a uma segunda chance, no entanto, será que algum time vai querer arriscar? Vamos ver...

 

PUNIÇÃO EXEMPLAR 1

O ASSUNTO foi um só após o clássico entre Corinthians e Palmeiras, na última quarta-feira, pelo Campeonato Paulista: o erro bisonho do árbitro Thiago Duarte Peixoto. Após a expulsão absurda do volante corintiano Gabriel em uma falta cometida por Maicon, o juiz praticamente cavou sua “aposentadoria” na arbitragem.

 

PUNIÇÃO EXEMPLAR 2

SE NÃO FOR banido, levará uma punição exemplar e, depois, apitará somente em divisões inferiores – tipo Série A3 e Segunda Divisão. Elite nunca mais. Quadro da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) também é algo impossível neste momento. Oficialmente, a FPF (Federação Paulista de Futebol) avisa que vai afastá-lo para a famosa e famigerada “reciclagem”.

 

‘SEMIDEUSES’

O MAIS ALARMANTE é que essa postura de “semideus” não é uma exclusividade de Thiago Duarte Peixoto. Invariavelmente, os árbitros brasileiros são assim. Blindados por suas federações, os homens do apito fazem o que querem, escrevem o que querem na súmula e não dão entrevistas, numa total falta de respeito com torcedores, jogadores e demais pessoas ligadas ao espetáculo futebol.

 

AMADORES...

OS ÁRBITROS usam, a cada erro, a “muleta” de que são amadores e que precisam de “profissionalização”. Para mim, isso é balela. Não é uma função regulamentada, é verdade, mas só isso. Ganham muito bem para conduzir uma partida de futebol; apitam por que querem. E são preparados para isso - em São Paulo, pelo menos. Hoje em dia fazem pré-temporada, têm nutricionistas, psicólogos, preparadores físicos, entre outros. Se não aguentam a pressão, que pendurem o apito.

 

HIPOCRISIA

O SENHOR Keno tenta enganar o árbitro; o senhor Dudu também... e tantos outros no nosso futebol... Tá certo, que os juízes erram demais, porém, a boleirada não faz nada para ajudar. Depois é “pau na arbitragem”. Esse é o outro lado dessa história. Pura hipocrisia esse tal de Bom Senso, Fair Play... No fundo, todos querem levar vantagem em tudo. É a famosa “Lei de Gerson”.

 

PERIGO SEGUE

O Flamengo perdeu mais uma na Série A3 do Campeonato Paulista. Agora, para a Portuguesa Santista. O resultado mantém o time guarulhense na incômoda zona de rebaixamento, na 17ª colocação, com apenas cinco pontos. Algo precisa ser feito para o Mengo retomar o caminho das vitórias. De forma urgente. O Rubro-Negro volta a campo no dia 5 de março, quando recebe o Paulista, às 10h, em Guarulhos.

 

FRASE DA SEMANA

 

“O que eu não consigo entender é que a minha torcida, conhecendo os jogadores que tem, time há dois anos juntos, que tem dado o seu melhor e que nunca deixou de honrar camisa, não esteja do meu lado”

 

Ricardo Oliveira, capitão do Santos, sobre a ira da torcida após seguidos maus resultados da equipe no Paulistão 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

24/06 10:46
Mais agilidade
17/06 20:33
Impressionante
27/05 22:22
Basquete 1
20/05 15:50
Isto é incrível
13/05 20:17
Festa começa
08/05 18:50
Sem contestação