Guarulhosweb
   

Setor de Homicídios assume investigação sobre cemitério clandestino

Katia Russões - Do GuarulhosWeb    08/03/2017 16:58

 

O Setor de Homicídios de Guarulhos (SHG) será o responsável pelas investigações do cemitério clandestino encontrado pela Polícia Militar, no bairro Taboão, na manhã da terça-feira (7). Um homem, acusado pelo crime, chegou a ser preso, mas foi liberado na sequência por falta de provas. O caso foi registrado pelo 9°DP.
 
Segundo o GuarulhosWeb apurou, o local já estava sendo investigado pela SHG, 9°DP e a Polícia Militar. Na manhã desta terça-feira, policiais militares realizavam patrulhamento na área quando suspeitaram de homens que teriam adentrado a um matagal pela rua Santana dos Cataguases, no Jardim Santa Rita.
 
No momento da chegada da PM, alguns homens que estariam pelo local acabaram correndo. Um jovem, de 20 anos, deixou alguns pertences no terrneo, o que levou os policiais a acreditarem na participação dele no crime, o que foi descartado.
 
Com a informação de que o local seria usado como cemitério clandestino, os policiais vasculharam a área e acabaram encontrando uma cova, onde o corpo de um homem foi encontrado. Com a ajuda do Corpo de Bombeiros, outros locais foram escavados e mais três corpos masculinos foram resgatados.
 
As vítimas, todas do sexo masculino, estavam com as pernas e braços amarrados. O estágio avançado de decomposição dos corpos dificulta a perícia preliminar que identificou alguns sinais de espancamento. Apenas um exame detalhado indicará a causa da morte de cada um deles.
 
Uma possível residência que seria usada por uma facção criminosa como "tribunal do crime" também foi descartada durante as investigações. Até a manhã desta quarta-feira,  nenhum dos corpos foi reconhecido. Até esta publicação ninguém foi preso.  
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário