Guarulhosweb
   

Chevrolet S10, uma picape que não cansa de se renovar

Ernesto Zanon    12/03/2017 09:21

 

Referência em robustez e força, a nova Chevrolet S10 lançada no ano passado se consolida com mais sofisticação e modernidade. Desta vez, o GuarulhosWeb avaliou o modelo LTZ, cabine dupla, com o novo motor 2.5 litros Flex, equipada com câmbio manual de 6 marchas e tração 4x4. Ou seja, uma versão praticamente top de linha, movida a gasolina ou etanol e tração nas quatro rodas, que é ideal para quem usa a picape na cidade, mas precisa enfrentar terrenos mais difíceis nos finais de semana. Ou mesmo para quem utiliza o carro com mais frequência no sítio ou na fazenda.
 
A S10 LTZ 2.5 sai por R$ 118 mil, um valor bem menor que a mesma versão (só que com câmbio automático) equipada com motor diesel 2.8, que custa a partir de R$ 158 mil, ou seja R$ 40 mil a mais. O desempenho da versão flex, que tem potência de 206 cavalos, não deixa a desejar. Demonstra força e “fala alto” nas mais diferentes condições.
 
Com direção elétrica inteligente, a dirigibilidade do veículo, principalmente em trechos urbanos, é mais do que agradável. Nada daquela história de picapona pesada, difícil de manobrar. Até na hora de estacionar numa vaga mais apertada,
 
 
 
Nova identidade visual deixa a fera mais bela
 
As picapes médias cresceram e ganharam um aspecto mais agressivo, passando a imagem de força. No entanto, a beleza faz a diferença. E a nova S10 se apresenta diferente com a nova identidade visual, que tem como objetivo evidenciar a robustez e o prestígio do produto, que já acumula mais de 20 anos de estrada. O capô ganhou esportividade com a cavidade esculpida na parte posterior. A grade foi alongada até os faróis, que também foram completamente redesenhados e podem ter uma guia de luz em LED (DRL), conferindo uma assinatura luminosa peculiar ao modelo.
 
O para-choque traz apêndices aerodinâmicos nas extremidades emoldurando as luzes auxiliares, e uma espécie de peito de aço, no meio, logo abaixo da moldura da placa, reforçam o estilo musculoso do carro.
 
Na lateral, destacam-se os retrovisores com repetidores de pisca e as rodas de alumínio inéditas. Elas ajudam a reforçar a percepção de que a picape está maior e mais requintada. A versão LTZ tem rodas de 18 polegadas.
 
Na traseira da Nova S10, a novidade aparece na tampa da caçamba, que tem uma discreta câmera de ré embutida na maçaneta, preservando o visual harmônico do conjunto.
 
 
Interior de carro de luxo
 
Por dentro, a S10 LTZ não fica nem um pouco a desejar para carros de luxo. Conta com materiais refinados e agradáveis ao toque (soft touch). Os painéis de instrumentos e de portas foram completamente remodelados para trazer melhor ergonomia e acomodar a maior quantidade de itens de série – alguns inéditos para a categoria.
 
A Nova S10 traz quadro de instrumentos bastante completo e de fácil leitura, que inclui computador de bordo de última geração com informações abrangentes, como navegação, velocímetro digital e parâmetros de manutenção do veículo, incluindo a vida útil do óleo –relevante para veículos que são submetidos a condições severas de uso.
 
O computador de bordo ainda possui a interessante função “ECO”, que auxilia o motorista a conduzir o veículo de uma maneira a privilegiar o menor consumo de combustível. O motorista consegue ainda consultar a pressão dos pneus. Um alerta é dado quando algum deles sai da especificação recomendada pelo fabricante.
 
O centro do painel ficou mais imponente com as saídas de ar majoradas e com o multimídia MyLink de segunda geração com GPS. O sistema passa a agregar tela de alta resolução e novas funções, entre elas o Android Auto e o Apple CarPlay.
 
Na prática, isso significa maior possibilidade de interação entre o veículo e o smartphone do usuário. E o melhor: com a opção de comandos de voz, para que o motorista não precise tirar as mãos do volante ou o foco do trânsito. Os apoios de braços e os puxadores de portas também foram retrabalhados, assim como os diferentes revestimentos dos bancos.
 
 
 
O que ela oferece
 
Acendimento automático dos faróis
 
Sensor de chuva
 
Retrovisor central eletrocrômico
 
Câmera de ré com gráficos para auxílio em manobras
 
Sensor de estacionamento dianteiro
 
Acionamento remoto da ignição
 
Vidros laterais com mecanismo remoto de abertura e fechamento por meio da chave
 
lanternas e luzes de neblina
 
ar-condicionado digital com oito velocidades
 
rebatimento elétrico dos retrovisores externos
 
banco do motorista com ajustes elétricos
 
controles eletrônicos de tração (TC) e de estabilidade (EPS)
 
assistentes de partida em rampas (HSA) e o de descida (HDC)
 
OnStar.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário