Guarulhosweb
   

Candidato da extrema-esquerda na França pede reformas na Constituição em comício

Redação Guarulhosweb    18/03/2017 17:05

 


O candidato de extrema-esquerda da França, Jean-Luc Melenchon, reuniu dezenas de milhares de apoiadores em um comício em Paris neste sábado, e pediu grandes reformas na Constituição do país.

Melenchon, que quer diminuir a jornada de 35 horas semanais do país, deixar a Organização do Tratado do Atlântico Norte e abandonar o uso de energia nuclear, prometeu convocar uma assembleia constituinte caso vença a eleição.

O ex-socialista de 65 anos, que já chefiou um ministério no país, promete se livrar do que acusa ser a "monarquia presidencial" e dar mais poderes ao Parlamento.

O ato foi realizado entre duas praças icônicas da capital francesa, a Praça da Bastilha e a Praça da República, e aconteceu no aniversário da Comuna de Paris, que uniu as classe médias e operárias em uma revolta em 1871, às vésperas da ascensão de Napoleão III e do Segundo império.

"Sem nós, nada faz sentido na França", disse Melenchon aos cerca de 130 mil presentes, segundo estimativas da própria organização. "Não estamos aqui para apoiar uma pessoa, mas uma plataforma. Essa demonstração política é a insurreição do cidadão contra a monarquia presidencial".

Melenchon, que tem o apoio do Partido Comunista, tem tido dificuldades para fazer deslanchar sua campanha. Segundo as pesquisas de intenção de voto, ele não deve chegar ao segundo turno. Ele e o socialista Benoît Hamon disputam voto a voto o quarto lugar, atrás de nomes como Marine Le Pen, Emmanuel Macron e François
Fillon. Fonte: Associated Press.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário