Guarulhosweb
   

Número de mortes causadas por fortes chuvas no Peru sobe para 72

Redação Guarulhosweb    19/03/2017 08:15

 


O número de mortos na costa norte do Peru neste ano subiu para 72 em meio às piores chuvas, transbordamento de rios e deslizamentos de terras vistos no país nos últimos 20 anos, disse o primeiro-ministro do país, Fernando Zavala.

As chuvas, altamente incomuns, seguem uma série de tempestades que atingiram duramente a costa norte do Peru, com a água inundando hospitais e deixando algumas pequenas aldeias isoladas. As tempestades estão sendo causadas por águas superficiais no Oceano Pacífico e espera-se que continuem por pelo menos mais duas semanas.

De acordo com o governo peruano, 374 pessoas foram mortas em 1998 durante um período de grandes chuvas e inundações causadas pelas chuvas causadas pelo fenômeno El Niño.

As chuvas sobrepujaram o sistema de drenagem nas cidades ao longo do Pacífico, levando o Ministério da Saúde a iniciar a fumigação em torno das poças de água que se formam nas ruas para matar mosquitos que carregam Doenças como a dengue.

A capital do país, Lima, está sem água potável desde o início da semana. O governo dobrou o contingente de ajuda nas 811 cidades que declararam estado de emergência. Os presidentes do Chile, Bolívia e Venezuela se ofereceram para enviar ajuda ao Peru. Fonte: Associated Press

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário