Guarulhosweb
   

Merkel e Abe afirmam que vão trabalhar juntos pelo livre comércio

Redação Guarulhosweb    19/03/2017 18:40

 


Após conversas com Washington durante a semana, a chanceler alemã Angela Merkel e o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe estiveram juntos na noite deste domingo. Eles destacaram os fortes laços entre os dois países e pediram que as nações resistam a impulsos protecionistas.

Abe declarou que a Alemanha e o Japão vão trabalhar juntos para defender o livre comércio.

"A Alemanha e o Japão têm uma coisa em comum: os dois chegamos tão longe porque colhemos os benefícios do comércio e dos investimentos", disse Abe em Hannover, na Alemanha, onde ele compareceu à abertura da feira CeBIT, dedicada a computadores e negócios digitais.

"O Japão, tendo crescido por meio do livre comércio e do investimento, quer ser o líder na defesa dos sistemas abertos, junto com a Alemanha", acrescentou Abe.

O primeiro-ministro japonês se referiu à Europa e ao Japão como "aqueles que valorizam os direitos humanos e protegem as regras democráticas".

Os líderes da Alemanha e do Japão tiveram na última semana reuniões com membros do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Merkel se encontrou com Trump em Washington enquanto o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Rex Tillerson, se encontrou com Abe durante a primeira visita oficial à Ásia.

Abe e Merkel não mencionaram neste domingo o nome de Trump, mas pareciam tecer referências à postura protecionista do presidente norte-americano.

"Em tempos nos quais temos que lutar com muitas pessoas pelo livre comércio, fronteiras abertas e valores democráticos, é um bom sinal que a Alemanha e o Japão não estejam em conflito", disse Merkel. "Queremos mercados livres e abertos e não queremos construir barreiras", acrescentou a chanceler alemã. Fonte: Dow Jones Newswires.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário