Guarulhosweb
   

Mais diferente ainda

Ernesto Zanon    21/03/2017 07:15

 

No afã de atacar o empreendimento de responsabilidade da Helbor, na esquina da Paulo Faccini com Tiradentes, no Centro, o vereador Marcelo Seminaldo (PT) faltou com a verdade na sessão da última quinta-feira, quando afirmou que a única medida mitigadora de redução de impacto de tráfego seria a construção de um simples ponto de ônibus no local. Na sexta-feira, este colunista lembrou que empreendimentos parecidos, construídos nas quatro gestões do PT, nem isso deram à cidade. Mas a situação é um tanto diferente daquela propagada pelo parlamentar petista.
 
 
Big ponto
 
A Secretaria de Transportes e Trânsito (STT) esclarece que a empresa imobiliária irá doar para o sistema viário uma faixa de 1.529 metros quadrados ao longo da avenida Tiradentes, destinada à readequação e melhorias no sistema viário local. O empreendedor também irá construir um abrigo para parada de ônibus similar ao implantado em frente ao Shopping Parque Maia, com baias para coletivos e táxis, conforme projeto fornecido pelo Departamento de Planejamento e Projetos da STT. Ou seja, é muito mais que um pontinho, como divulgou o vereador do PT.
 
 
Mangas de fora
 
Tem sido bastante perceptível que a GCM ampliou muito as ações por toda a cidade, tirando a impressão – deixada pelas gestões passadas – de que não estava preparada para intervenções maiores e que realmente influenciam no dia-a-dia do cidadão. Só no último final de semana, três “pancadões” foram evitados por ações dos guardas municipais em diferentes bairros de Guarulhos. Na Área de Proteção Ambiental Cabuçu-Tanque Grande, um homem foi preso pela Guarda Ambiental da corporação ao ser flagrado desmatando um grande terreno, que vinha sendo preparado para receber mais uma invasão. 
 
 
Bem cuidada
 
Também bem marcante tem sido a atuação da Proguaru em diferentes bairros de Guarulhos, com os mais diversos serviços de zeladoria. Em tempos de falta de recursos por parte da atual administração, que pegou uma Prefeitura completamente endividada, chama a atenção os esforços no sentido de procurar manter a cidade limpa, com serviços de roçagem, limpeza, tapa-buracos, varrição, entre outros. Infelizmente, boa parte da população – que demonstra não ter qualquer educação – segue emporcalhando o município, jogando lixo por tudo quanto é canto.
 
 
Herança maldita
 
Próximo ao final do terceiro mês da gestão do prefeito Guti (PSB), a falta de dinheiro vai ficando mais evidente na atual administração. A situação real do município é bem pior do que poderia se imaginar. Por mais que era notório que a cidade vinha sendo saqueada pela administração passada, a cada dia que se passa o quadro se apresenta mais terrível.
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

25/04 07:23
Até no Fantástico
21/04 09:01
Só primeiro tempo
20/04 07:07
Juíza afastada
19/04 07:26
Ligações perigosas
18/04 06:35
De volta
12/04 08:35
50 minutos