Guarulhosweb
   

O Fioravante voltou!

Ernesto Zanon    30/03/2017 06:29

 

O ginásio Fioravante Iervolino será aberto neste sábado para a realização de um mutirão de revitalização. Palco de grandes conquistas do esporte guarulhense, o espaço, durante a última administração municipal, foi cedido – sem qualquer explicação convincente – a um clube de motociclistas que sempre apoiou as campanhas eleitorais de candidatos do PT a prefeito, vereador e deputado. Em vez de receber práticas esportivas, o local virou a sede da entidade privada que usou o espaço para a promoção de festas e eventos. Finalmente, um dos maiores patrimônios de Guarulhos será devolvido para o esporte.
 
Revitalizados
O sucateamento do esporte amador em Guarulhos foi a principal marca das últimas gestões municipais para a área. Não só o Fioravante vem recebendo atenção especial da atual administração. Ponte Grande e João do Pulo, outros dois importantes centros esportivos, que se encontravam em completo abandono, estão recebendo atenção especial da Secretaria de Educação, que agora agrega a pasta de Esportes. Os dois estabelecimentos passam por revitalização e já começam a ser utilizados pela população.
 
Fala muito
Criticar a gestão municipal da saúde continua sendo o esporte preferido de alguns vereadores do PT. Eles seguem cobrando a atual administração como se nunca tivessem passado perto do poder. Pior ainda a postura da mulher do ex-prefeito Elói Pietá, a vereadora Janete, que deu guarida em seu gabinete para o ex-secretário municipal de Saúde, Carlos Derman, vice-prefeito nos oito anos de Sebastião Almeida (agora PDT). Talvez por ignorância ou mesmo para bater por bater, fala como se os problemas – quase todos em decorrência das péssimas gestões petistas – pudessem ser resolvidos em um passe de mágica.
 
Cadê o dinheiro?
A situação da saúde em Guarulhos é grave. A missão dada ao secretário da pasta, Roberto Lago, é das mais difíceis, já que a gestão passada deixou faturas não pagas e fornecedores dos mais diferentes tipos de materiais sem qualquer perspectiva de recebimento. Derman, que não cumpriu com suas obrigações em oito anos no cargo, agora tenta passar a impressão que, para abastecer os postos de saúde com insumos, por exemplo, basta fazer um cheque e providenciar o pagamento. Só não consegue responder porque não fez isso enquanto tinha a caneta nas mãos.
 
Mortalidade maior
Os vereadores petistas, assim como o ex-secretário, ajudariam muito mais a população se pudessem explicar os motivos pelos quais, durante os anos Almeida, houve sensível crescimento nas taxas de mortalidade infantil e materna em Guarulhos. Se era tão fácil resolver os problemas, como esbravejam por aí, por que não fizeram? Por que será que as unidades de saúde, as principais portas de entrada para a população buscar um atendimento satisfatório, perderam tantos médicos nos últimos anos? Talvez jogar a culpa para o Governo do Estado, que tem sim sua responsabilidade, seja mais fácil.
 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

12/12 07:32
Casa nova
05/12 07:05
Com quem será?