Guarulhosweb
   

Prefeitura economizará R$ 233 milhões com PLs aprovados, diz Guti

Redação Guarulhosweb    08/04/2017 09:45

 

O prefeito de Guarulhos, Guti (PSB), disse nesta sexta-feira em sua página no Facebook que a Prefeitura irá economizar R$ 233 milhões com a folha de pagamento a partir da aprovação dos projetos de reorganização administrativa e criação de cargos comissionados, aprovados pela Câmara Municipal na madrugada passada. O valor leva em consideração os gastos a menos que atual administração terá em relação ao que dispendia até o final do ano passado, 
 
Após 13 horas e meia de sessões ordinária e extraordinárias, por ampla maioria, os vereadores aprovaram projetos de lei de autoria do Executivo que reorganizam a estrutura administrativa, além de criar 1.169 cargos em comissão. No entanto, o número é 40% menor do que havia na Prefeitura até o final do ano passado, quando o então prefeito petista Sebastião Almeida (agora PDT) tinha 1.941 servidores comissionados, que foram exonerados em 1 de janeiro. . 
 
“Na administração passada, a Justiça exigiu a destituição de todos os cargos comissionados em razão da inconstitucionalidade pela qual foram criados. Porém, a necessidade dessas funções existe e o próprio Ministério Público reconhece isso. Por esse motivo, apresentamos um novo projeto de lei”, explicou Guti. 
 
O prefeito lembrou que, durante sua campanha, nunca prometeu extinguir os cargos comissionados. “Ressaltamos que um ajuste na quantidade de comissionados era uma ação necessária a ser feita para que políticas públicas voltassem ao seu pleno funcionamento, a fim de destinar os recursos para onde realmente deveriam ir. Foi o que fizemos”, ressaltou. 
 
Neste sentido, Guti explica que esperava realizar uma redução de, no mínimo, 30% do quadro de 1941 funcionários existentes na antiga gestão. “Mas conseguimos reduzir aproximadamente 40% desse número, resultando em 1.200 comissionados. Com essa medida,  serão economizados aproximadamente R$ 233 milhões até o final de nossa gestão”.
 
O prefeito esclarece que os projetos aprovados pela Câmara criam somente os 1.169 cargos comissionados que, somados aos 31 que já estavam regulamentados na administração, chegam a 1.200. “Não existe um a mais sequer”, enfatiza. No projeto de reorganização da administração, constam pouco mais de 200 cargos em gerência técnica, que ganharam novas nomenclaturas, mas que serão obrigatoriamente ocupados por funcionários concursados, que já estão na administração municipal. 
 

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Anônimo 24/04/2017 16:39

    Mudanças para um pais melhor

    A bem da verdade deveria ser tudo privatizado, pois a maioria dos funcionarios publicos nos atendem com uma má vontade gigantesca.

  2. Douglas 11/04/2017 11:11

    Impossível governar sem profissionais da confiança do prefeito. E tem mais, o comissionado pode ser trocado a qualquer momento, diferente do concursado.

  3. Ricardo 11/04/2017 00:02

    Almoço Grátis não existe

    Agora chegou a hora de pagar a conta e vieram 1200 parasitas! Que belo exemplo ! A Prefeitura precisa isso sim de se modernizar, de agilizar processos, de desburocratizar. Quantos desses 1200 trabalham? quem os fiscaliza? quanto ganham? Transparencia ficou onde ? A cidade é uma vergonha !

  4. Patricia 10/04/2017 13:20

    A prefeitura precisa de comissionados?

    Por que não se faz concursos público para atender esta demanda? O comissionado mais barato custa mais de 3 mil reais e não precisa mostrar nenhuma qualificação. Um concursado, além de pagar uma taxa para a prova (parte do dinheiro vai para a prefeitura), ganham menos de 2 mil reais e geraria emprego

  5. elisa beth 08/04/2017 10:36

    ATENÇÃO-POPULAÇÃO

    O-ATUAL-PREFEITO-FOI-ATÉ-DEZ/16-VEREADOR-E-UM-DOS-RESPONSÁVEIS-POR-FISCALIZAR-AS-ATIVIDADES-DO-SR.ALMEIDA. TUDO-QUE-FOI-FEITO-DE-ERRADO-TEVE-A-PARTICIPAÇÃO-DELE(POR-OMISSÃO-OU-POR-TER-CONCORDADO);--VAMOS-EXIGIR-TRANSPARÊNCIA-PARA-QUE-NÃO-TENHAMOS-UM-ALMEIDA-MAIS-NOVO. E-O-SOLTUR-HEIN?-RAPOSÃO

Insira um comentário