Guarulhosweb
   

COB vai arcar com custos da seleção para Mundial de Taekwondo

Marcio Dolzan    19/04/2017 18:41

 


Após sinalizar com apoio financeiro para manter o calendário de esportes aquáticos este ano, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) agora saiu em socorro do taekwondo. Nesta quarta-feira, a entidade recebeu os atletas da seleção brasileira da modalidade e anunciou que irá bancar os custos de preparação, viagem, pagamentos de taxas e hospedagem para o Mundial de Muju, na Coreia do Sul, em junho.

Sem o auxílio, dificilmente o Brasil disputaria a competição. Isso porque a Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD) passa por crise financeira e está com os repasses da Lei Agnelo-Piva suspensos por problemas na prestação de contas. A entidade vem sendo gerida por um interventor indicado pela Justiça, que afastou o ex-presidente Carlos Fernandes. Ele responde processo por suspeita de desvios de dinheiro público.

Assim, para o Mundial de Muju, o COB atuará praticamente como se fosse a própria confederação de taekwondo. O comitê se comprometeu a cuidar da organização, planejamento, execução financeira, documentação pessoal, inscrições, pagamento de taxas, relacionamento com o comitê organizador e relacionamento com a Federação Internacional.

O COB ainda promoverá um treinamento para a equipe entre os dias 22 a 27 de maio, no Rio de Janeiro, e cuidará das avaliações técnicas e médicas. Um período de aclimatação em um país da Ásia, para adaptação ao clima e fuso horário antes da chegada na Coreia, também está previsto.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário