Guarulhosweb
   

Vereadores vão para Brasília participar de audiência sobre ponte do Baquirivu

Redação Guarulhosweb    11/05/2017 18:23

 

Vereadores de Guarulhos vão participar de audiência da Comissão de Viação e Transportes, na Câmara dos Deputados, em Brasília, na próxima terça-feira (16). O objetivo é solicitar a abertura do acesso ao Aeroporto Internacional, fechado desde 2013 pela GRU Airport. O anúncio da viagem foi realizado durante a 26ª Sessão Ordinária desta quinta (11).
 
A comitiva será composta pelos vereadores Wesley Casa Forte (PSB), Eduardo Carneiro (PSB), Romildo Santos (DEM), Carol Ribeiro (PMDB), Eduardo Barreto (PCdoB), Professor Jesus (DEM), João Dárcio (PTN), Laércio Sandes (DEM), Luiz da Sede (PRTB), Serjão Inovação (PSL) e Thiago Surfista (PRTB). De acordo com Wesley Casa Forte, o fechamento do acesso prejudica quem mora nos bairros Jardim São João, Presidente Dutra e adjacências. “O impacto viário na região é grande; as pessoas passam em média quatro horas diárias no trânsito”, afirmou.
 
Na pauta do Grande Expediente foram deliberados 12 Requerimentos e um PL. Na Ordem do Dia foram votados dois Projetos de Lei com pareceres das Comissões Técnicas. Trata-se do PL 2905/2013, de Guti (PSB) e Pastor Anistaldo (PSC), que obriga todos os comércios que vendem bebidas alcoólicas a exibirem advertência sobre a conduta criminosa de dirigir alcoolizado; e PL 6884/2013, de Profº Jesus (DEM), que proíbe a retenção de macas do Samu nos hospitais públicos.
 
Os parlamentares solicitaram ao Executivo por meio de Requerimentos informações sobre o andamento do programa Time do Emprego; o pagamento das emendas destinadas às entidades Centro de Inclusão e Apoio ao Autista de Guarulhos (Ciaag), Amor ao Próximo, Associação Beneficente de Apoio ao Necessitado (Aban) e Centro de Convivência do Idoso (CCI); a obra do Centro Dia para Idosos no Jardim Cumbica; a quantidade de atendimentos realizados no Centro de Terapias Naturais; o programa de assistência social Busca Ativa; o rodízio de água no Parque Continental II; a pavimentação de ruas no Parque São Jorge; a retirada de pontos de ônibus no Jardim Rosa de França e sobre os veículos à disposição do Ipref.
 
No Pequeno Expediente, o vereador Alexandre Dentista (PSDC) falou sobre a importância da regularização da Vila Operária e sobre a ação civil pública contra a Prefeitura e contra o proprietário da área. “Enquanto não fizerem a regularização do local, os moradores não precisam pagar o valor acordado.” Segundo o vereador, é fundamental intermediar a revisão do contrato com a imobiliária.
 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário