Guarulhosweb
   

Trocou o chip

Ernesto Zanon    23/05/2017 07:16

 

Durante a inauguração do novo Cemeg Jardim Cumbica, no início da tarde desta segunda-feira, o prefeito Guti (PSB) enalteceu o trabalho realizado pelo seu chefe de Gabinete, Jurandir Pereira, morador daquele bairro há mais de 30 anos. O prefeito brincou, dizendo que “Jura”, como é conhecido, agora trocou o chip porque consegue se dedicar à cidade inteira. É que nos oito anos que o acompanhou durante o mandato de vereador, seu aliado de longa data só tinha olhos para o Jardim Cumbica.  
 
 
Sem abatimento
Enquanto os servidores realizavam assembleia para manter a greve da categoria, que entrou no terceiro dia com adesão de 10%, segundo o Stap, Guti estava inaugurando o Cemeg Jardim Cumbica/Pimentas. Com bastante entusiasmo, diferente do que alguns tentam espalhar nas redes sociais, o prefeito demonstrou otimismo em relação aos avanços que vêm obtendo para a cidade, apesar da grave crise econômica que se abate na administração municipal. 
 
Dedo na ferida
Guti não fugiu da discussão sobre o impasse com o funcionalismo, que tanto defendeu nos anos passados. Ele lembrou que cresceu entre servidores públicos, já que o pai foi policial federal por mais de 30 anos e a mãe já falecida foi professora da rede pública também, além da namorada que é concursada na Câmara Municipal. “Não é uma decisão fácil não conseguir dar o reajuste que vocês merecem. Ainda mais eu que sempre batalhei pelo servidor”, declarou. Apesar de repetir que não é possível avançar além das propostas já apresentadas à categoria, garantiu que trabalhará muito para poder oferecer mais nos próximos anos de mandato. 
 
Mais que 100
O presidente do Stap, Pedro Zanotti, estava radiante após a assembleia dos servidores na tarde desta segunda-feira. “Avisa lá que tinha bem mais que 100 pessoas”, disse numa alusão a nota publicada por este colunista semanas atrás, quando o sindicato reuniu menos de uma centena de pessoas ligadas à entidade, no início da campanha salarial. Apesar da festa, não soube explicar porque somente 10% do funcionalismo – segundo ele próprio declarou – aderiu ao movimento. 
 
Sabotagem rasteira
Curiosamente, em tempos que se busca lisura nas relações e a sociedade cobra transparência e decência nas mais diferentes esferas da política, os cadeados de portões do Paço Municipal e de algumas secretarias amanheceram sabotados na manhã desta segunda-feira. Seria uma forma de impedir o acesso de servidores, que não aderiram à greve, a seus locais de trabalho. Lamentável que gente que prega retidão da administração pública aja de forma tão rasteira. 
 
Mais de 200
Depois de um ato que reuniu poucas dezenas de sindicalistas no domingo à tarde em frente ao Bosque Maia, que pediam o “Fora Temer”, a Força Sindical Regional Guarulhos anuncia que mais de 200 trabalhadores de Guarulhos vão à Capital Federal nesta quarta-feira, quando acontece o Ocupa Brasília. A manifestação pretende reunir 100 mil pessoas de todo o País. 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

14/11 07:28
Na Catalunha
13/11 08:14
Rede de instabilidade
01/11 07:29
Muito barulho