Guarulhosweb
   

Saae quer chegar a mais de 40% de esgoto tratado até 2020

Redação Guarulhosweb    05/06/2017 19:55

 

O superintendente do Saae (Serviço de Água e Esgoto), Francisco Carone, participou na manha desta sexta-feira (2) de audiência pública referente à Lei de diretrizes Orçamentárias para o próximo ano, a LDO 2018. O encontro foi presidido pelo vereador Rafa Zampronio (PSB). O destaque de sua fala ficou por conta da dívida do órgão, calculado em R$ 3 bilhões, mas que, segundo Carone, é objeto de negociação e não prejudica os planos de expansão da rede e atendimento à população.
 
“Formamos com a Sabesp grupos de técnicos que estão negociando uma forma de Guarulhos saldar a dívida, em dois meses teremos uma resposta referente a isto”, explicou Carone. “Os débitos com a Sabesp não vinham sendo pagos, o que gerou esta dívida, mas a partir deste ano estamos pagando mensalmente o que nos cabe”, acrescentou.
 
Segundo o superintendente, Está previsto para o Saae um orçamento de R$ 528,5 milhões, a serem gastos principalmente com pagamentos à Sabesp, pessoal e encargos, custeio e investimentos. O montante será repassado por meio de tarifas de água e esgoto e receitas com dívidas e execuções.
 
Questionado sobre os serviços oferecidos pela Agência, Francisco Carone destacou o oferecimento de água e de saneamento básico. Em relação ao primeiro item, salientou que, após o período recente de falta de água e episódios de racionamento, quase toda a cidade tem distribuição normal de água. “O racionamento é esporádico e para isso tem contribuído muito a população que incorporou a necessidade de economizar água.
 
Sobre o saneamento, o superintendente do Saae informou que o final de maio deste ano, Guarulhos quase dobrou a taxa de esgoto tratado, chegando a 4,7 %. “Nossa meta para o final de 2017 é chegar a 8 %, e 40 % até o final do atual mandato, em 2020”, adiantou.
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário