Guarulhosweb
   

Roberto Lago diz na CEI da Fundação ABC que encontrou dívidas não pagas

Redação Guarulhosweb    07/06/2017 19:13

 

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga o convênio da Prefeitura com a Fundação ABC reuniu-se nesta terça-feira (6) com a participação dos parlamentares: Eduardo Carneiro (PSB), Janete Pietá (PT), Acácio Portella (PP), Carol Ribeiro (PMDB), Geraldo Celestino (PSDB), Sérgio Magnum (PEN), Luis da Sede (PRTB), Toninho da Farmácia (PSD) e Dr. Laércio Sandes (DEM). Durante o encontro, os parlamentares fizeram a oitiva do ex-secretário de Saúde Roberto Lago e da funcionária Simone Mendonça.
 
Roberto Lago falou para a CEI que, ao assumir a Pasta no início do ano, constatou que o pagamento dos meses de novembro e dezembro de 2016 para a Fundação ABC havia sido feito pela metade. O ex-secretário foi questionado se não seria melhor acabar com o convênio com a Fundação ABC, mas disse que a Prefeitura não tinha condições de assumir as unidades na época porque estava sem insumos e sem medicamentos em estoque.
 
Simone Mendonça, que é funcionária de carreira da Secretaria da Saúde, afirmou que fez parte da comissão de acompanhamento que verificava se as metas da Fundação ABC eram cumpridas. Ela explicou que eram elaborados relatórios quantitativos e qualitativos sobre os serviços prestados e também que a comissão realizava visitas nas unidades de saúde para verificar como estavam os trabalhos. Simone ainda lembrou que a comissão era composta por outros funcionários da Secretaria, integrantes do Conselho Municipal de Saúde e de pessoas da própria Fundação ABC.
 
Eduardo Carneiro, que preside a CEI, explicou que as duas oitivas foram importantes e serão levadas para o relatório final da Comissão. “Como próximo passo, devemos ouvir também um diretor da Fundação ABC. Caso a Comissão ache pertinente, será convidado para tecer comentários a respeito desse convênio”, ressaltou Eduardo Carneiro. O parlamentar disse ainda que, caso os membros da CEI concordem, serão chamados outros membros da comissão de acompanhamento que a funcionária Simone Mendonça citou.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário