Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Turquia prende formalmente diretor da Anistia Internacional no país

Redação Guarulhosweb    10/06/2017 09:41

 


Istambul, 10 (AE) - Um tribunal da Turquia prendeu formalmente o diretor da Anistia Internacional no país, Taner Kilic, que será julgado sob a acusação de pertencer a uma organização terrorista, informou a agência de notícias oficial Anadolu. O grupo pelos direitos humanos qualificou a decisão como um "escárnio da justiça".

Kilic foi detido na província de Izmir, no oeste turco, junto com outros cinco advogados, acusados de usar o ByLock, um aplicativo para enviar mensagens criptografadas por celular. Kilic foi detido na terça-feira e preso formalmente no fim da sexta-feira.

O ByLock é supostamente usado pela rede do clérigo Fethullah Gulen, que vive nos Estados Unidos e é acusado pelo regime turco de orquestrar a tentativa de golpe ocorrida em julho de 2016 no país. Gulen nega as alegações.

A Anistia Internacional qualificou a prisão de Kilic como uma "injustiça devastadora" e pediu a liberdade dele. Kilic nega ter usado o aplicativo ByLock e a organização não governamental diz que não há evidências para sustentar isso. Segundo a entidade, Kilic tem inclusive sido crítico do movimento de Gulen.

O governo da Turquia decretou estado de emergência após o fracassado golpe do ano passado. Depois disso, mais de 50 mil pessoas foram detidas e 100 mil funcionários públicos acabaram demitidos por supostos vínculos com Gulen. Fonte: Associated Press.
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário