Guarulhosweb
   

Honda WR-V, o Fit que se transformou em SUV

Ernesto Zanon    11/06/2017 12:42

 

Em tempos de SUVs em alta, a Honda amplia seu leque de ofertas com o compacto WR-V que se junta ao médio HR-V e ao maior CR-V. São diferentes opções que procuram atender as diferentes necessidades dos consumidores, sempre de acordo com o bolso de cada um. No caso do mais recente lançamento, a fabricante japonesa usou não somente a plataforma do Fit, mas também a carroceria e interior. Algumas mudanças no visual e estrutura garantem que o WR-V apareça como um novo carro e não apenas uma versão a mais. Porém, não é exagero dizer que o WR-V é o Fit que se transformou em SUV.
 
O GuarulhosWeb avaliou durante uma semana o WR-V EXL, a versão top de linha, que vem com tudo que o modelo tem direito, bem completo, repleto de equipamentos que combinam segurança, tecnologia, versatilidade e conforto. Nem precisa ser tão observador, para reparar que o novo SUV se assemelha demais ao monovolume Fit, tanto pelas linhas da carroceria como pelo interior, com soluções idênticas. 
 
As diferenças são em relação à altura do solo, já que o WR-V se apresenta mais alto, na dianteira – bem mais agressiva, como deve ser um SUV – e na traseira, onde o que muda é a extensão da lanterna, que é vertical no Fit e horizontal, projetando-se para o centro do porta-malas, no WR-V. Há também rrodas de 16 polegadas, molduras dos para-lamas e rack no teto. Motor, câmbio, jeitão.... Tudo muito parecido. Ou seja, herda todas as qualidades do irmão, com a vantagem de ser mais alto e imponente. 
 
A frente do WR-V é elevada, marcante e com grade frontal com acabamento em black piano que evoca a linha de SUV da Honda. Traz ainda faróis com luzes de uso diurno (DRL) em LED, além dos projetores de neblina que são de série em ambas as configurações.
 
Com de 2,55 m de entre-eixos, 4 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,6 m de altura, o WR-V traz medidas compactas que o tornam ágil de condução em grandes centros urbanos. Os 20,7 cm de vão livre do solo e os ângulos de ataque e saída de 21º e 33º, garantem boa dinâmica, mesmo em pisos mais irregulares.
 
Interior
 
Por dentro, o conforto somado à praticidade de um Honda. O banco anatômico, com forrações diferenciadas em preto e prata, conta com regulagem de altura. O volante, com comandos de som, viva-voz e controle de cruzeiro, traz revestimento em couro e ajustes de altura e profundidade, além de assistência elétrica EPS. À frente, o quadro de instrumentos Bluemeter, com computador de bordo multifunções traz informações claras e ótima visualização. Porém, ele é acionado a partir de um botão no centro do painel, que não fica tão a mão assim. 
 
Equipam o WR-V de série vidros elétricos, ar-condicionado, cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes, além de encostos de cabeça em todas as posições. O banco traseiro traz a possibilidade de fixação de cadeirinhas infantis pelo sistema ISOFIX. O console central, o painel e laterais de portas trazem diversos porta-objetos, além de acabamentos em prata, criando um visual mais horizontal e harmônico. Tudo muito parecido com o interior do Fit. 
 
A versão EXL, avaliada, oferece sistema multimídia de sete polegadas com GPS, navegador de internet via hotspot, e conectividade completa via Bluetooth, cartão SD e duas entradas USB. 
 
Todas as versões do WR-V trazem airbags frontais e laterais, além de freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), além da exclusiva estrutura de deformação progressiva ACETM (Advanced Compatibility Engineering) e barras de proteção nas portas, garantindo a máxima proteção nas diversas condições de colisão. A versão EXL traz ainda airbags laterais do tipo cortina, aumentando ainda mais a segurança do SUV compacto.
 
Motorização 
O WR-V é equipado com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, que gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgf.m de torque à 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgf.m à 4.800 rpm. A transmissão CVT possui conversor de torque, proporcionando uma resposta mais rápida e aceleração linear. 
 
Tem desempenho satisfatório tanto na cidade como na estrada. Nada de excepcional, mas ideal para uma condução tranquila, sem sobressaltos ou sustos na hora de avançar a velocidades mais altas. As respostas, se não tão ágeis, são suaves e tranquilas, encaixando-se perfeitamente no perfil de quem busca esse tipo de carro. 
 
WR-V EXL - R$ 83.400,00 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário