Guarulhosweb
   

Fotógrafo de Guarulhos expõe olhar singular sobre o Haiti

Foto: Alexandre de Paulo    19/06/2017 12:08

 

O fotógrafo documental Alexandre de Paulo, diretor da ADPhoto, organiza a exposição “Um Olhar sobre o Haiti”, com curadoria da mestra em Culturas e Identidades Brasileiras pela USP, Luciana Cavalcanti. O evento de abertura acontece no dia 6 de julho, às 20h, e a mostra segue entre os dias 7 e 31 de julho, no Centro Educacional Adamastor, à Avenida Monteiro Lobato, 734, no Macedo, em Guarulhos, na Grande São Paulo (acesso ao estacionamento pela Rua Lídio Francisco de Santana). A entrada é gratuita.
 
Durante o evento, o fotógrafo ministrará uma palestra sobre o trabalho feito em Porto Príncipe, capital do Haiti, considerado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como país mais pobre das Américas – cujo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,483. Na ocasião, ele estará acompanhado da também fotógrafa Luciana Cavalcanti, curadora da exposição.
 
Com as suas lentes, o fotógrafo capturou imagens impressionantes de uma nação assolada por exploração, guerras civis, golpes e profunda instabilidade política. Além disto, o Haiti ainda sofre com os efeitos de um terremoto devastador – com magnitude 7,0 na Escala Richter – que atingiu o país no dia 12 de janeiro de 2010. O desastre deixou cerca de 200 mil pessoas mortas, entre elas, a médica brasileira Zilda Arns, coordenadora internacional da Pastoral da Criança.
 
Segundo Alexandre de Paulo “ninguém consegue voltar o mesmo após uma viagem ao Haiti”. “Estive em Porto Príncipe em 2005 e 2014, a convite do Ministério da Defesa do Brasil. A princípio, fui para acompanhar o trabalho das Forças Armadas Brasileiras na Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (Minustah). O contraste entre o antes e o depois, não só do intervalo de nove anos entre as primeiras e últimas fotos, mas, principalmente, após o terremoto de 2010, impressionou-me bastante”, disse o fotógrafo.
 
“O ‘braço militar’ da Minustah, liderado pelo Brasil nesses quase 13 anos de missão, fez um trabalho eficiente e exemplar. No começo, foi para conter a violência e desarticular as gangues armadas. Depois, a ação se voltou à reconstrução e estabilização social do país”, continuou.
 
De Paulo também recordou que em 2014 viajou com Paulo Manso, jornalista com o qual produziu uma série de reportagens veiculadas nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News. À época, Manso era o editor-chefe de ambas as publicações. “O povo haitiano é muito alegre, educado e acolhedor. Tem uma força extraordinária e um histórico de luta por liberdade. O que eles precisam é criar um meio de transferir toda esta força para ações práticas”, finalizou o fotógrafo.
 
 
Serviço
Exposição “Um olhar sobre o Haiti”, de Alexandre de Paulo
Curadoria: Luciana Cavalcanti
Centro Educacional Adamastor (Avenida Monteiro Lobato, 734 – Macedo)
Abertura: dia 6 de julho, às 20h, com palestra do autor (exposição vai até o dia 31/07)
Entrada gratuita
 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário