Guarulhosweb
   

Palocci é condenado a 12 anos de prisão; Branislav é absolvido por falta de provas

Redação Guarulhosweb    26/06/2017 09:05

 

O juiz federal Sérgio Moro – responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância – condenou o ex-ministro Antonio Palocci a 12 anos e 2 meses de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A sentença é desta segunda-feira (26).
 
O ex-ministro foi preso na 35ª fase da operação, batizada de Omertà e deflagrada no dia 26 de setembro de 2016. Atualmente, está detido no Paraná.
 
Branislav Kontic, ex-assessor de Palocci, que foi secretário do ex-prefeito Eloi Pietá no final do primeiro mandato em Guarulhos, foi absolvido dos crimes a ele imputados – corrupção e lavagem de dinheiro – por falta de prova suficiente de autoria ou participação, de acordo com o juiz,
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário