Guarulhosweb
   

Fundação ABC atribui a dívidas deixadas por Almeida problemas no atendimento

Redação Guarulhosweb    28/06/2017 09:39

 

A Comissão Especial de Inquérito-CEI da Câmara de Guarulhos que investiga o convênio da Prefeitura com a Fundação do ABC, em contrato assinado em 2015 para gestão dos Pronto-Atendimentos do Jardim Paraíso e Maria Dirce e pela UPA São João, encerrou nesta terça-feira a etapa de oitivas. Esteve presente para questionamentos dos vereadores o diretor geral da Central de Convênios da Fundação Aroldo da Costa Saraiva.
 
Em sua fala de apresentação e respostas aos questionamentos dos vereadores, Saraiva contou que a queda da qualidade do atendimento criticada pelos vereadores decorreu pelo atraso acumulado de pagamentos. Segundo ele, somente nos primeiros dois meses os pagamentos foram feitos no dia 30, como estava em contrato, mas depois os atrasos se tornaram constantes, problema que piorou em novembro e dezembro de 2016, quando não foram realizados os pagamentos. “Isso ocasionou uma série de problemas no atendimento, inclusive com ameaças de paralisação dos funcionários e falta de insumos, mas jamais deixamos de atender o munícipe da melhor maneira possível”, explicou.
 
Aroldo Saraiva disse desconhecer algum tipo de apadrinhamento político em relação à gestão anterior para a assinatura do contrato entre a Prefeitura e a Fundação, que as auditorias internas não apontaram para irregularidades em relação aos serviços executados, e que há boa vontade entre as partes para que a dívida seja quitada, incluindo readequações do convênio em vigor. “É lógico que poderíamos ter encerrado o contrato por conta dos atrasos de repasses, mas temos uma responsabilidade com a saúde do município, entendemos as dificuldades financeiras e não poderíamos, assim, tomar uma atitude desse nível”, frisou o diretor da Fundação.
 
O vereador Eduardo Carneiro (PSB), presidente da CEI, ficou satisfeito com o depoimento de Aroldo Saraiva: “Ele se preparou muito bem para a oitiva, trouxe gráficos, conversou com pessoas que conhecem o convênio há mais tempo, enfim, nos deu elementos para embasar nossa análise”, disse Carneiro. “Faremos uma reunião na próxima sexta-feira e começaremos a analisar o relatório final da CEI para depois apresentá-lo aos vereadores, em Sessão Ordinária”, acrescentou.
 
Participaram também os vereadores da CEI Janete Rocha Pietá (PT), Geraldo Celestino (PSDB), Acácio Portella (PP), Luís da Sede (PRTB), Carol Ribeiro (PMDB), Betinho Acredite (PTB) e Toninho da Farmácia (PSD), além de Romildo Santos (DEM), este como convidado.
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário