Guarulhosweb
   

Hamas pede que palestinos ataquem forças israelenses após fechamento de mesquita

Redação Guarulhosweb    15/07/2017 14:48

 


As autoridades militantes do Hamas na Faixa de Gaza pediram para que palestinos ataquem as forças israelenses em Jerusalém depois que a Mesquita de Al Aqsa e seus arredores foram fechados devido ao ataque de palestinos que deixou dois policiais mortos. A Mesquita é considerada um local sagrado para os muçulmanos.

O Hamas descreveu o fechamento do local, conhecido pelos muçulmanos como o Nobre Santuário e para os judeus como o Monte do Templo, como uma "Guerra religiosa" e o porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum, convocou uma "insurreição" palestina para atacar o exército de Israel e os colonos da Cisjordânia.

Israel fez o raro movimento depois que três palestinos abriram fogo na região na sexta-feira, matando dois policiais israelenses antes de serem mortos a tiros. Os criminosos eram muçulmanos que viviam em Israel. Fonte: Associated Press

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário