Guarulhosweb
   

Acusado pela morte de PM é preso em Cumbica; 3º suspeito segue foragido

Katia Russões - Do GuarulhosWeb    25/07/2017 15:04

 

Um homem foi preso e outro segue foragido acusados da morte do policial militar João Paulo Aguiar, de 34 anos, no sábado (22). Segundo apurou o GuarulhosWeb, a vítima teria sido surpreendida em uma emboscada, que terminou com a morte do PM e de Marcos Xavier de Jesus, de 33, outro acusado de praticar o crime.
 
Segundo informações obtidas através do boletim de ocorrência complementar sobre a morte do PM, Gilmar Machado de Oliveira, de 25 anos, teria sido preso na manhã de domingo (23) após uma denúncia anônima. Ele foi encontrado dentro de sua residência onde passou por uma entrevista e acabou revelando ser um dos autores da morte do policial.
 
Ele teria informado que um terceiro individuo, que está sendo procurado, marcou um encontro com o policial através de um site de vendas. A vítima estaria interessada em um automóvel modelo GM/Monza. João Paulo e seu cunhado foram até o local combinado, onde acabaram sendo surpreendidos por Marcos e Gilmar que estavam armados.
 
Durante a troca de tiros, o cunhado do PM acabou ferido, mas conseguiu pedir ajuda. O PM baleou e matou Marcos, mas acabou sendo ferido na sequência e foi socorrido por outros policiais.  O proprietário do veículo e Gilmar teriam fugido do local.
 
O terceiro autor do crime teria abandonado o veículo em frente a sua residência e deixou um recado para a mulher avisando que um dos comparsas teria sido morto e por isso estaria fugindo. Dentro do automóvel a polícia encontrou munições e um suporte de revólver.
 
O cunhado do PM teria comparecido a delegacia e reconhecido Gilmar como sendo um dos autores do crime. Ele permaneceu preso e deve responder por latrocínio. A policia segue as investigações para localizar o terceiro homem acusado pelo crime.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário