Guarulhosweb
   

Presos irmãos acusados de esquartejamento no Mikail

Katia Russões - Do GuarulhosWeb    08/08/2017 17:46

 

Foram presos na tarde desta terça-feira (8) os dois irmãos acusados pela morte de Kleber Risio Barbosa, de 37 anos, encontrado esquartejado por homens da Polícia Militar. A dupla estava em Peruíbe, litoral de São Paulo, e foi presa após levantar a suspeitas de policias do local. Segundo o Setor de Homicídios de Guarulhos (SHG), os acusados confessaram o crime e devem responder por homicídio qualificado e destruição e ocultação de cadáver.
 
Altair e Adailson Cantizano de Santana, de 35 e 28 de anos, estavam sendo procurados pela polícia desde o dia 24 de julho. Os irmãos teriam fugido do bairro Mikail após abandonarem a cena do crime. Eles foram identificados por um menor de idade também acusado pela morte da vítima. O adolescente permanece apreendido.
 
Segundo contaram a polícia,  o crime teria ocorrido após uma briga. A intenção do trio seria abandonar o corpo em um barranco, mas a polícia apareceu e eles então resolveram fugir. Com a repercussão do caso e a prisão do menor de idade, os irmãos se abrigaram em Peruíbe. Quando foram abordados pelos policiais, os dois estavam em uma praia.
 
O caso
 
Policiais militares realizavam patrulhamento pelo região do bairro Mikail, no dia 15 de julho quando surpreenderam três pessoas que carregavam sacolas e um carrinho de mão, próximo a uma quadra poliesportiva.
 
Com a aproximação da viatura eles abandonaram o local deixando para trás o que carregavam. Os policiais então localizaram partes do corpo de Kleber Risio Barbosa, de 37 anos, que foi esquartejado e seria abandonado em um barranco próximo ao local. 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário