Guarulhosweb
   

Com câmbio manual ou automatizado, Fiat Mobi nasceu para a cidade

Ernesto Zanon    09/08/2017 19:47

 

O Fiat Mobi nasceu para ser o carro da cidade, com quase todas as características de quem precisa de um veículo prático, voltado para o dia-a-dia. Em seu lançamento, trazia apenas um motor 1.0, já utilizado no Uno e Palio, de quatro cilindros. Mas precisava mais. Neste ano, o modelo subcompacto da marca mineira ganhou o motor Firefly 1.0 três cilindros, que promete e entrega melhor rendimento em giros reduzidos, o que propicia maior economia de combustível, além de melhor performance. 
 
O GuarulhosWeb teve a oportunidade de avaliar, durante quinze dias, duas versões do Mobi Drive. O primeiro equipado com câmbio manual de cinco velocidades e o segundo, o GSR, que traz – acredite – um eficiente sistema automatizado acionado por botões no console e paddle shifts (borboletas atrás do volante). Destaque-se que não há muita diferença na condução de ambos. O desempenho é bastante parecido, o que demonstra a qualidade da versão automatizada, já que carros equipados com este sistema sempre deixaram a desejar. 
 
O motor Firefly gera potência de 77 cv e torque de 10,9 kgf.m a apenas 3.250 rpm, quando abastecido com etanol, o combustível utilizado em ambas avaliações. Como conta com o sistema HCSS, que elimina o tanquinho extra para partidas a frio, mesmo com as temperaturas mais baixas durante o período de utilização, nenhum problema para fazer o carro funcionar logo pela manhã. 
 
O Mobi Drive tem a difícil missão de superar o Volkswagen Up!, já que o modelo do concorrente se destaca tanto em performance como em economia de combustível, mesmo quando equipado com motor 1.0 aspirado. A versão com turbo é outra conversa. E ele até que se sai bem. É ágil, rápido, encontra facilidade para se virar no trânsito urbano e – devido às dimensões reduzidas, passa a impressão que cabe em qualquer lugar. O problema é que acaba sendo compacto demais, não levando com conforto quem vai no banco de trás, além de ter um porta-malas minúsculo, que mal leva a compra da semana de uma família pequena. 
 
A condução é facilitada, além do tamanho reduzido pela direção elétrica, item de série no Mobi Drive. Quando se aciona a função City, ativada por meio de um botão no painel, diminui ainda mais o esforço durante as manobras de estacionamento.  O modelo traz ainda tela de LCD de alta resolução junto ao quadro de instrumentos, com diversas funções, como velocímetro digital, econômetro, trip A e B, alerta de lâmpadas queimadas, temperatura e número de horas em funcionamento do motor e outras.
 
O pacote de equipamentos de série é extremamente generoso, fazendo do Mobi Drive um modelo completo. Além dos equipamentos já citados, destacam-se como itens de série o ar-condicionado, chave canivete com telecomando, vidros elétricos nas portas dianteiras e trava elétrica nas quatro portas com função one touch e antiesmagamento, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, abertura interna da tampa do tanque de combustível e do porta-malas, volante com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, banco traseiro bipartido, cargo box, lane change, ESS, sinalização de frenagem de emergência, e pneus “superverde” com alta durabilidade e maior aderência.
 
Versão GSR
A versão GSR do Mobi Drive se assemelha muito à versão com câmbio manual, porém conta com o câmbio automatizado. No console central cinco botões permitem fácil acionamento, incluindo função Sport, que aciona um modo de condução mais esportivo. Por meio de paddle shifts o motorista, se desejar, pode trocar as marchas manualmente, mesmo quando o câmbio estiver na posição automática.
 
O câmbio do Mobi Drive GSR conta com a função Creeping, que torna arranques e manobras muito mais confortáveis e seguras, inclusive em rampas de até 8% de inclinação. Basta tirar o pé do freio que o Mobi se movimenta, a exemplo de um câmbio automático convencional.
 
Há também o Auto-up Shift Abort, sistema inteligente que identifica uma rápida retomada de velocidade e aborta a troca para uma marcha superior, mantendo acelerações mais vigorosas, inclusive em ultrapassagens, com o motor em rotação mais elevada.
 
Aplicativo Live On
O Mobi Drive conta também com o Live On, um aplicativo que transforma um smartphone comum na central multimídia do veículo, que pode ser acessada pela própria tela do aparelho ou pelo volante multifuncional. É um novo conceito de conectividade e integração do veículo com o celular, via Bluetooth. Não existe rádio no centro do painel. No lugar, há um suporte retrátil para prender o smartphone. Os comandos das rádios ficam no volante, onde é possível aumentar o volume e escolher as estações. 
 
 
 
 
Opcionais disponíveis
-  rádio Connect com Bluetooth e entradas USB e auxiliar
-  retrovisores elétricos com Tilt Down e luz de seta integrada
- sensor de estacionamento traseiro
- volante multifuncional
- faróis de neblina
- alarme com telecomando
- console de teto com espelho auxiliar 
- rodas de liga leve 14 polegadas.
- bancos com acabamento premium
 
 
Preços:
- Mobi Drive: R$ 40.650
- Mobi Drive GSR: R$ 44.780
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário