Guarulhosweb
   

Versão de entrada com câmbio CVT do Kicks fica mais perto do consumidor

Ernesto Zanon    17/08/2017 20:09

 

Pouco mais de um ano depois de lançado, o Nissan Kicks, que era trazido do México, agora é fabricado no Brasil. Mas as novidades não param por aí. O fabricante apresenta alguns modelos mais simples que as versões que vinham até então, como uma opção com câmbio manual, a partir de R$ 70.500 e uma de entrada, a S, com o Xtronic CVT, que sai por menos de R$ 80 mil. Assim, o crossover fica mais próximo ao bolso do consumidor. 
 
Avaliado pelo GuarulhosWeb durante uma semana, a versão S se apresenta mais simples, sem tantos requintes ou aparato tecnológico apresentado nas duas opções até então comercializadas por aqui, que giravam em torno de R$ 85 mil a R$ 95 mil, a SL e a SV, bem mais sofisticadas. Porém, nada de espartano. Oferece o essencial, com a mesma motorização 1.6 16V dos demais modelos. 
 
É a segunda geração do HR16DE 1.6 de 16 válvulas, que conta com controle de abertura das válvulas continuamente variável (CVVTCS) e sistema Flex Start System (FSS), que eliminou o tanque de partida a frio. Ele desenvolve 114 cavalos de potência máxima a 5.600 rpm e torque máximo de 15,5 kgfm a 4.000 rpm. 
 
Durante a avaliação, o desempenho se demonstrou satisfatório em diferentes condições. Vai bem no trânsito urbano com trocas de marchas tranquilas, com pequenos sobressaltos, comuns de um CVT quando você exige um pouco mais. Na estrada, vai tranquilo, com avanços rápidos de velocidade e retomadas precisas, quando necessário. 
 
Medições de consumo de combustível anunciadas pela Nissan revelam que o Kicks faz médias de 7,7 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada, com etanol, e 11,4 km/l e 13,7 km/l com gasolina. Durante a avaliação, atingiu marcas bem próximas, abastecidas com o derivado de petróleo. 
 
 
 
Modelo se destaca pelo design
 
Um dos principais atrativos do Nissan Kicks é o desenho da carroceria, que expressa um estilo dinâmico e arrojado, combinando vários itens de design de modelos já consagrados da Nissan, como o Qashqai e o Juke, mas com uma pegada única, que lhe confere estilo próprio, segundo informações da empresa. 
 
A carroceria apresenta recortes e vincos, a grade "V-motion" flanqueada pelos faróis exclusivos em formato arqueado, que se estendem para trás sobre os paralamas dianteiros, e o teto flutuante, solução que acentua a impressão de visão ampliada do conjunto parabrisa e vidros laterais. 
 
O interior é funcional e com acabamento de alto padrão até mesmo na versão S, de entrada. Combina detalhes inovadores feitos especialmente para os consumidores ávidos por tecnologia, com detalhes que destacam a qualidade. 
 
O requinte, com toques de esportividade, fica por conta do volante tipo flat bottom revestido de couro, enquanto que a carroceria crossover oferece um campo de visão mais alto ao motorista, proporcionando uma sensação de segurança. Graças em parte à generosa distância entre eixos de 2,610 mm, o espaço interno para os joelhos e para a cabeça está entre os melhores da categoria. A bagagem também conta com generosa área: 432 litros (padrão VDA), um dos melhores da categoria.
 
 
 
Equipamentos de série da versão S
-  airbags duplos frontais 
- ar-condicionado 
- alarme perimétrico 
- bancos dianteiros com a tecnologia Zero Gravity
- acabamento de tecido nos bancos 
- fixadores traseiros para cadeiras de crianças (ISOFIX) 
- cinto de segurança de três pontos para todos os cinco passageiros 
- freios ABS com EBD e assistência de frenagem (BA) 
- rádio com entrada para mp3 player, conector USB e Bluetooth
- retrovisores na cor da carroceria e com regulagem elétrica
- maçanetas internas das portas cromadas e externas na cor da carroceria
- coluna de direção com ajustes de altura e profundidade
- direção com assistência elétrica 
- com comandos do computador de bordo, de telefone e rádio no volante
- sistema de partida a frio FLEX START
- travamento central automático das portas com o veículo em movimento
- vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico
- rodas de liga leve aro 16 em pneus 205/60 R16
- faróis de neblina
 
 
 
Kicks se destaca pelo design
Um dos principais atrativos do Nissan Kicks é o desenho da carroceria, que expressa um estilo dinâmico e arrojado, combinando vários itens de design de modelos já consagrados da Nissan, como o Qashqai e o Juke, mas com uma pegada única, que lhe confere estilo próprio, segundo informações da empresa. 
 
A carroceria apresenta recortes e vincos, a grade "V-motion" flanqueada pelos faróis exclusivos em formato arqueado, que se estendem para trás sobre os paralamas dianteiros, e o teto flutuante, solução que acentua a impressão de visão ampliada do conjunto parabrisa e vidros laterais. 
 
O interior é funcional e com acabamento de alto padrão até mesmo na versão S, de entrada. Combina detalhes inovadores feitos especialmente para os consumidores ávidos por tecnologia, com detalhes que destacam a qualidade. 
 
O requinte, com toques de esportividade, fica por conta do volante tipo flat bottom revestido de couro, enquanto que a carroceria crossover oferece um campo de visão mais alto ao motorista, proporcionando uma sensação de segurança. Graças em parte à generosa distância entre eixos de 2,610 mm, o espaço interno para os joelhos e para a cabeça está entre os melhores da categoria. A bagagem também conta com generosa área: 432 litros (padrão VDA), um dos melhores da categoria.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário