Guarulhosweb
   

Sanções são medidas mais fortes já tomadas contra Pyongyang, diz embaixadora

Estadão Conteúdo    11/09/2017 21:14

 


A embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, afirmou em reunião do Conselho de Segurança que as sanções impostas nesta noite contra a Coreia do Norte "são, de longe, as medidas mais fortes já impostas a Pyongyang".

A embaixadora ressaltou que todas as etapas contra Pyongyang somente "funcionam se todas as nações implementarem as sanções de forma completa e agressiva".

Mais cedo, os países-membros do Conselho de Segurança da ONU aprovaram novas sanções contra o regime de Kim Jong-un. Ao contrário do desejo da diplomacia dos Estados Unidos, as restrições não incluíram o banimento às importações de petróleo nem o congelamento de ativos do governo norte-coreano ou do líder Kim Jong-un.

Nikki Haley afirmou que as nações que compõem o Conselho de Segurança da ONU nunca aceitará que a Coreia do Norte tenha armas nucleares. "Até agora, nós tentamos fazer com que o regime da Coreia do Norte faça o correto. Mas a partir de hoje estamos tomando medidas para evitar que as coisas erradas sejam feitas por Pyongyang", disse a embaixadora.

Ela disse ainda que os Estados Unidos não querem iniciar uma guerra e pediu novamente que Pyongyang renuncie do programa nuclear. Fonte: Associated Press.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário