Guarulhosweb
   

Trump defende acordo bipartidário para aprovação de reforma tributária nos EUA

Gabriela Korman e Victor Rezende    13/09/2017 16:42

 


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comandou uma reunião bipartidária na Casa Branca nesta quarta-feira, onde os esforços do governo para a aprovação da reforma tributária foram o tema central. A possibilidade de um acordo entre democratas e republicanos foi levantada por ele na reunião.

O presidente expressou otimismo com a questão e disse não estar cético com a aprovação da medida para reduzir impostos no país por meio de um acordo entre republicanos e democratas. A Casa Branca prevê que a equipe econômica divulgue o projeto finalizado até o fim do mês para que seja aprovado na Câmara dos Representantes até o fim de outubro e, no Senado, ainda em novembro.

Trump voltou a dizer que seu governo fará o maior corte de impostos da história dos EUA e que uma reforma com apoio bipartidário é "uma coisa positiva". Ele disse, ainda, que se reunirá com o líder democrata no Senado, Chuck Schumer, e com a líder democrata na Câmara, Nancy Pelosi, em um jantar ainda nesta quarta-feira para debater a questão.

"Quero um imposto corporativo mais baixo e o retorno de trilhões do exterior", disse Trump durante a reunião. O projeto, que está sendo elaborado pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e pelo diretor do Conselho Econômico Nacional, Gary Cohn, prevê uma redução do imposto corporativo de 35% para 15%.

O republicano disse que irá discutir, além da reforma tributária, a reforma no sistema de saúde. Nesta quarta-feira, senadores apresentaram um novo projeto, que ainda não tem data para ser apreciado. Trump também comentou que já está na hora de "focar na construção de um projeto de infraestrutura". Até o momento, a Casa Branca deu poucos detalhes sobre essa proposta.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário