Guarulhosweb
   

Sucesso nas redes sociais, foto irrita Alckmin

Pedro Venceslau    15/09/2017 08:25

 


A foto de Geraldo Alckmin (PSDB) na fila do embarque no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na terça-feira, rendeu 5,5 mil curtidas e 551 comentários na página do governador no Facebook, até o fim de tarde desta quinta-feira, 14. O número supera a modesta média de interações do tucano na rede social, que fica entre 400 e mil curtidas.

Apesar do sucesso, a publicação irritou Alckmin e causou mais um mal-estar entre auxiliares dele e do prefeito João Doria (PSDB).

O autor da foto foi o publicitário Daniel Braga, que comanda a estratégia de redes sociais de Doria. Braga estava, por coincidência, no mesmo voo do governador para Brasília. Ao ver a cena de Alckmin pacientemente esperando sua vez de entrar na aeronave no fim de uma longa fila, Braga fez a foto e a enviou para um integrante da equipe de Comunicação do Palácio dos Bandeirantes, que mandou o registro para a subsecretaria de Comunicação Social do governo, responsável pela publicação no Facebook. Ocorre que Alckmin não foi consultado e reprovou a iniciativa da divulgação.

Além de destoar do estilo contido do governador tucano nas redes sociais, o post gerou um clima de desconfiança mútua. Aliados de Doria viram como uma provocação pelo fato do prefeito só usar seu próprio avião em viagens nacionais. Já correligionários de Alckmin questionaram a motivação de Braga ao fazer a foto, enxergando na iniciativa a intenção de transformar o gesto do governador (de aguardar na fila e voar em jatos de carreira) numa mera jogada publicitária.

"Há uma vontade de criar animosidade minha com o prefeito. Quero desfazer isso. Dizem que postei a foto na fila do avião para cutucar o prefeito. Mas o assessor do prefeito estava indo para Brasília me viu lá e pediu para tirar foto. Isso é rotina. Eu jamais tiraria. Não tinha propósito de cutucar ninguém", disse Alckmin.

Daniel Braga afirmou que ao ver a cena achou que a foto renderia um post interessante. "Por isso tirei e mandei para equipe. A relação entre o governador e o prefeito é tão amistosa que Doria jamais reclamaria de uma coisa dessa", disse.

Institucional

Potenciais candidatos ao Palácio do Planalto na eleição de 2018, Doria e Alckmin mantêm estratégias diametralmente opostas nas redes sociais. Enquanto o prefeito leva sempre um profissional (pago com recursos próprios) para registrar cada passo em fotos e vídeos, Alckmin raramente quebra o protocolo institucional na internet. A ideia é que no fim do ano ou no começo de 2018 o diretório do PSDB de São Paulo contrate um profissional para a área. Nas viagens que faz pelo Brasil, o governador geralmente leva apenas um ajudante de ordens e um assessor de imprensa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário