Guarulhosweb
   

Bolsas de NY fecham sem direção definida após decisão do Fed

Matheus Maderal    20/09/2017 18:14

 


As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam sem direção definida nesta quarta-feira, 20, após o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) decidir manter a taxa de juros inalterada e deixar a porta aberta para uma elevação em dezembro, além de sinalizar um ritmo mais lento de aperto monetário.

Os índices Dow Jones e S&P 500 renovaram recordes de fechamento, enquanto o Nasdaq encerrou o dia no vermelho. No fim da tarde em wall Street, o Dow Jones registrou seu nono dia seguido de alta, avançando 0,19%, aos 22.412,59 pontos; O S&P 500 subiu 0,06%, para 2.508,24 pontos; e o Nasdaq caiu 0,08%, encerrando aos 6.456,04 pontos.

As ações de companhias financeiras subiram junto com os juros dos Treasuries após o comunicado do Fed. O BC disse que planeja começar a reduzir seu balanço patrimonial de US$ 4,5 trilhões em outubro, como esperado, e indicou que pode aumentar os juros pela terceira vez no ano em dezembro, acrescentando que as condições econômicas garantiriam futuros aumentos de juros "graduais".

O setor financeiro do S&P 500 subiu 0,62% hoje. Juros maiores tendem a impulsionar as margens líquidas dos juros, uma medida de rentabilidade de empréstimo. O J.P. Morgan subiu 0,70% e o Goldman Sachs avançou 0,38%.

As ações de energia estão entre as que apresentaram o melhor desempenho hoje, avançando junto com os preços de petróleo, depois de o governo dos EUA reportar que as refinarias continuaram a retomar as operações na semana passada, na esteira das interrupções em razão da passagem de furacões no sul do país. A ExxonMobil viu seus papéis subirem 0,41% e a Chevron ganhou 0,03%.

Notícias corporativas fizeram oscilar ações individuais. As ações da Pfizer subiram 1,52% após a companhia entrar com um processo contra a Johnson & Johnson, alegando que a concorrente impediu a competição de seu medicamento para artrite.

As ações da FedEx subiram 2,08% mesmo com a empresa afirmando que ataques cibernéticos e a passagem do furacão Harvey pesaram em seu mais recente balanço trimestral.

As ações da Apple caíram 1,68% após algumas resenhas dizerem que o Apple Watch tem bateria fraca e conexões intermitentes. (Com informações da Dow Jones Newswires)

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário