Guarulhosweb
   

Após conflito com Cavani, Neymar desfalcará PSG sob justificativa de lesão no pé

Redação Guarulhosweb    22/09/2017 11:54

 


O Paris Saint-Germain informou nesta sexta-feira que Neymar vai desfalcar o time na partida deste sábado, contra o Montpellier, fora de casa, pela sétima rodada do Campeonato Francês, sob a justificativa de que o atacante está sofrendo com dores provocadas por uma lesão no pé direito.

Contratação mais cara da história do futebol após trocar o Barcelona pelo PSG em uma transferência de 222 milhões de euros (cerca de RS 831 milhões na cotação atual), o atacante brasileiro ficará fora de uma partida do time pela primeira vez desde quando ganhou condições legais para poder atuar.

Curiosamente, Neymar ficará fora do duelo deste sábado logo após enfrentar o seu primeiro maior conflito interno dentro do seu novo clube. No último final de semana, ele se desentendeu com Edinson Cavani, seu companheiro de ataque, durante a vitória por 2 a 0 sobre o Lyon. Na ocasião, o uruguaio se negou a dar a bola ao brasileiro por duas vezes, sendo uma delas em uma cobrança de pênalti, desperdiçado por Cavani, e em uma cobrança de falta, que o novo astro maior do PSG queria bater.

Cavani foi o cobrador oficial de pênaltis do Paris Saint-Germain na última temporada europeia, mas, após a chegada de Neymar, o técnico Unai Emery agora preferiu não deixar o uruguaio como batedor fixo de penalidades e apontou, em entrevista coletiva na última quinta-feira, que ambos os jogadores estão aptos para realizarem as cobranças, assim como houve uma discussão entre os dois no vestiário após a partida.

"Antes de falar das penalidades, devemos falar de sua importância. Muitos jogadores podem assumir essa responsabilidade. Aqui, os dois cobradores são Cavani e Neymar", afirmou o comandante, mantendo então o impasse sobre quem passará a ser o principal responsável pelas cobranças de penalidades.

Neymar já contabiliza quatro gols e quatro assistências em cinco jogos pelo PSG, que acumula seis vitórias em seis jogos pelo Campeonato Francês, liderando a competição de forma isolada, com 18 pontos, três à frente do Monaco.

Vetado sob justificativa de lesão, Neymar deverá estar de volta ao PSS na partida da próxima quarta-feira, contra o Bayern de Munique, em casa, pela segunda rodada do Grupo B da Liga dos Campeões. A tendência é essa até pelo fato de que o brasileiro vinha treinando normalmente até a última quinta-feira, quando participou de atividade com bola ao lado dos seus companheiros de equipe.

Unai Emery, por sua vez, não havia comentado sobre qualquer lesão que afetasse Neymar na entrevista coletiva da última quinta-feira, quando só apontou problemas físicos enfrentados atualmente por Angel di María, Javier Pastore e Marco Verratti no seu elenco. Apenas 15 minutos do treino de quinta, porém, foram abertos para o acesso da imprensa. Neste período, o brasileiro trabalhou em campo sem problemas.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário