Guarulhosweb
   

Pagando dívidas

Ernesto Zanon    05/10/2017 07:24

 

Depois de muita conversa sobre pagamento de gratificações em atraso para cerca de 7 mil professores municipais, o prefeito Guti (PSB) se reuniu com representantes do Stap e das pastas envolvidas para tornar tudo muito claro. Em uma live, divulgada no início da tarde desta quarta-feira, ele revelou que dia 11 a Prefeitura irá promover o pagamento de todos os casos pendentes desde 2015, que não caibam contestações, já que há cerca de 10% do pessoal que entrou com ações na Justiça. 
 
Bom para as partes
Pedro Zanotti, o presidente do Stap, que sempre que pode tenta manter a fama de mal em relação à administração, posou ao lado do prefeito, somente agradecendo o diálogo e a disposição da atual gestão em pagar pendências deixadas pelo ex-petista Sebastião Almeida (PDT). Mais de uma vez, agradeceu a Guti publicamente por tê-lo recebido e, principalmente, por resolver uma demando da categoria. 
 
Mera coincidência
Depois da confusão generalizada nas galerias da Câmara Municipal, o que levou ao encerramento da sessão da última terça-feira em menos de 20 minutos, o Stap retirou sua logomarca dos chamamentos para que os servidores voltem à Casa nesta quinta-feira. Apesar da grafia ser a mesma utilizada pela entidade, a convocação – distribuída em redes sociais – apareceu sem assinatura na tarde desta quarta-feira. 
 
 
Na calada da noite?
Diversos grupos ligados à Cultura em Guarulhos dispararam suas metralhadoras contra o vice-prefeito Alexandre Zeitune (Rede), que - honrando o apelido que carrega na cidade desde a adolescência – ocupou uma sala da antiga Câmara Municipal. O problema é que o prédio, em reformas desde as gestões passadas, pertence hoje à Subsecretaria de Cultura, pasta que até quinta-feira estava sob a administração dele. As críticas mais brandas, que correram nas redes sociais, citam “invasão na calada da noite”. 
 
Reacomodação
Além das mudanças de secretários em algumas pastas, desencadeadas pela reformulação do primeiro escalão do governo, Guti vem trabalhando para garantir pessoas de sua extrema confiança em postos estratégicos do segundo escalão. O objetivo agora é não permitir que alguns erros cometidos por quem deixou as pastas se repitam, como a nomeação de pessoas nem um pouco afinadas com a administração em cargos de extrema importância. 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

05/12 07:05
Com quem será?
24/11 09:02
Bateu, levou