Guarulhosweb
   

Tusk, da UE, pede que líder da Catalunha não declare independência

Redação Guarulhosweb    10/10/2017 11:45

 


O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, pediu que o presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, não declare a independência da região e que busque o diálogo com o governo central da Espanha.

A declaração de Tusk ocorreu poucas horas antes de um esperado pronunciamento de Puigdemont no Parlamento catalão, em que pode declarar a independência.

"Eu peço que você respeite, em suas intenções, a ordem constitucional e não anuncie uma decisão que tornaria impossível o diálogo com Madri", disse Tusk, referindo-se diretamente a Puigdemont.

Tusk acrescentou que "a diversidade não deve e não precisa levar à consequencias, que, obviamente, são negativas para a Catalunha, Espanha e toda a Europa."

Ainda, o presidente do Conselho Europeu pediu ao premiê da Espanha, Mariano Rajoy, que não faça uso da violência contra a Catalunha, como realizado no dia do plebiscito. Fonte: Associated Press.

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário