Guarulhosweb
   

Cores do Verão 2017 conectam à natureza

Edna Pison    08/11/2017 17:20

 

Você já deve ter observado que periodicamente as tendências de cores para vestuário, calçados, decoração e outros segmentos do mercado mudam. Essas mudanças podem ser radicais ou sutis – quem dá o tom da mudança é a própria sociedade, isso porque as cores são definidas com base em estudos de comportamentos e anseios das pessoas.
 
É isso mesmo, empresas especializadas em reconhecimento de padrões e estratégias estudam o comportamento da sociedade e o resultado desse estudo guia o mercado dos mais variados segmentos.
 
A Pantone, empresa americana conhecida no mundo todo por seu sistema de cores utilizado na indústria gráfica, faz o estudo e é referência no assunto. Seu relatório anual Fashion Color Report Spring orienta trabalhos e criações de decoradores, estilistas e designers.
 
Veja como tudo faz muito sentido:
 
A publicação desse ano traz as 10 principais tendências que já inspiram moda e decoração e cor eleita do ano é o Greenery, um verde-amarelado, que remete ao frescor da mata e evoca os primeiros dias da primavera, quando os verdes da natureza revivem, restauram e renovam.
 
Remetendo às folhagens e ao ar livre, os atributos fertilizantes do verde indicam que os consumidores anseiam por respirar fundo, oxigenar e revigorar. Isso porque as sociedades do mundo todo estão cansadas dos velhos – velhos sistemas de governos que não dão resultados positivos ao coletivo, velhos costumes que tolhem iniciativas e criatividades, velhos discursos que já não levam mensagem alguma.
 
Além disso, as pessoas estão em busca da unidade presente no mundo natural. Isso porque vivem uma vida segmentada e multifacetada nas multitarefas impostas pelo ritmo frenético do cotidiano. Quanto mais submersas na vida moderna, maior é o desejo de mergulhar de cabeça na beleza física e na unidade do mundo natural. Talvez buscando a própria unidade.
 
O estudo da Pantone constatou essa necessidade na intensa utilização do verde no cotidiano de lugares alternativos, onde o povo das grandes cidades se recolhe quando tem oportunidade. Já estava no planejamento urbano, arquitetura, estilo de vida e opções de design desses lugares e agora o Greenery tomou outro vulto e passou a ser tonalidade onipresente em todo mundo. A cor também é uma afirmação de vida e símbolo da busca de paixões pessoais e vitalidade.
 
As demais cores da paleta são igualmente vibrantes e transmitem sensação de contato mais intenso com o natural. O Pantone Fashion Color Report 2017 foi elaborado em conjunto com a New York Fashion Week.
 
Nessa paleta estão os 10 tons mais vistos na passarela das coleções primavera/verão. Acompanhe:
Niagara
 
Um azul clássico semelhante ao denim, que transmite conforto, confiança e fala com nosso desejo de facilidade e relaxamento.
Amarelo Primrose
 
Em contraste, Primrose Yellow brilha com calor e vitalidade. Convidando-nos para o seu calor instantâneo, esta alegre coloração amarela nos leva a um destino de entusiasmo, bom ânimo e dias ensolarados.
Lapis Blue
 
Conduzir ainda mais energia é função do Lapis Blue. Forte e confiante, esta intensa cor azul é imbuída de um resplendor interior.
 
Flame
 
Um laranja avermelhado, Flame, é gregária e divertida. Flamboyant e vivaz, esta cor adiciona calor ardente à paleta da primavera.
Island Paradise
 
Island Paradise é um refrescante azul aqua que lembra uma mudança repentina para um mundo calmo e bom. Uma cor que fala com o sonho da grande fuga, Island Paradise é emblemática das características tropicais e nosso desejo de relaxar.
Pale Dogwood
 
Ainda no clima tranquilo, Pale Dogwood é um cor-de-rosa que evoca a tranqüilidade, pacifica e engendra uma aura de inocência e pureza. É um rosa sutil, cujo toque suave infunde um brilho vivaz e saudável.
Pink Yarrow
 
Tropical e festivo, Pink Yarrow é uma tonalidade caprichosa e incontornável que tenta e atormenta. Tempestuoso, o animado Yarrow rosa é uma cor cativante e estimulante que levanta espíritos e faz subir a adrenalina.
 
Kale
 
Evocativo ao ar livre e um estilo de vida saudável, Kale é outro verde à base de folhagem que evoca o nosso desejo de conexão à natureza, semelhante ao verde mais vivaz. É muito parecido com o verde militar, e, assim como vemos na natureza, o verde exuberante e fértil fornece o complemento perfeito para os tons mais vibrantes da paleta.
Hazelnut
 
Quem completa as cores da primavera de 2017 é Hazelnut ou Avelã, um ponto chave neutro para a primavera. Esta cor traz à mente uma fertilidade natural. Despretensioso e com um calor inerente, Avelã é uma cor de transição que conecta sem esforço as estações. Deve ser muito usada no verão, mas prepara para o outono de 2018, onde também deve estar presente.
 
_____________
 
Edna Pinson é jornalista com pós-graduação em Política e Relações Internacionais e especialização em Realidade Brasileira e Coolhunting Reconhecimento de Padrões e Estratégias. É criadora e editora de conteúdo do site de conteúdo feminino mulherreal.com 
 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário