Guarulhosweb
   

Com gol de Copete, Santos vence o Grêmio e acirra disputa pelo vice do Brasileiro

Ricardo Magatti, especial para a AE    19/11/2017 21:16

 


Após três derrotas seguidas, o Santos, mesmo sem fazer um grande jogo, reencontrou o caminho das vitórias ao derrotar os reservas do Grêmio por 1 a 0 neste domingo, no estádio da Vila Belmiro, em Goiânia, pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time santista se garante na fase preliminar da Copa Libertadores e fica a um ponto de entrar direto na fase de grupos.

Ao reencontrar a vitória, o time santista continua na quarta colocação, mas vai aos 59 pontos e encosta no Palmeiras, que ainda entra em campo nesta segunda-feira contra o Avaí. Focado na final da Libertadores, o Grêmio permanece na vice-liderança, com 61 pontos. O time gaúcho enfrenta o Lanús nesta quarta-feira, em Porto Alegre, no primeiro jogo da grande decisão.

O único gol da partida saiu dos pés do colombiano Copete no primeiro tempo. O colombiano não balançava as redes desde o dia 26 de julho, na vitória do Santos sobre o Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Apesar de jogar fora de casa e ser formado inteiramente por reservas - até mesmo o técnico Renato Gaúcho não esteve à beira do campo, sendo substituído por Cesar Bueno, treinador do time de transição -, o Grêmio foi quem começou melhor e teve, ao menos, três boas oportunidades de abrir o placar na Vila Belmiro. Uma foi salva pelos pés do goleiro Vanderlei; outra, em cobrança de falta de Machado, passou próxima ao gol; e a última, no chute colocado de Dionathã, bateu na trave esquerda de Vanderlei.

Após ser pressionado, o Santos deu o troco com a sua melhor arma: o contra-ataque. O time alvinegro desceu rápido ao ataque com Bruno Henrique, que tocou para Vecchio. O argentino, substituto de Lucas Lima, encontrou Copete, que, com tranquilidade, deslocou o goleiro Paulo Victor para abrir o placar aos 31 minutos da etapa inicial.

O gol fez bem ao time da Baixada Santista, que teve nas cabeças de Ricardo Oliveira e de Bruno Henrique, logo na sequência, chances para ampliar a vantagem, mas ambas foram desperdiçadas. No final do primeiro tempo, Paulo Victor ainda evitou mais um gol santista em outra cabeçada do centroavante do Santos.

Na etapa final, o panorama da partida não foi muito diferente em relação à etapa inicial. O jogo continuou equilibrado, mas com menos chances para os dois lados. Com os ataques pouco inspirados, especialmente o do Grêmio, o placar permaneceu em 1 a 0 para a equipe santista, que praticamente carimba a sua vaga na fase de grupos da Libertadores do próximo ano.

Só 4.206 torcedores estiveram presentes na Vila Belmiro para assistir à partida. Foi o pior publico registrado pelo Santos no Brasileirão. Na temporada de 2017, o jogo com menos torcida foi diante do Novorizontino, no Campeonato Paulista (3.195 pagantes).

FICHA TÉCNICA

SANTOS 1 x 0 GRÊMIO

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Jean Mota; Alison, Renato e Vecchio (Daniel Guedes); Copete (Arthur Gomes), Ricardo Oliveira (Orinho) e Bruno Henrique. Técnico: Elano (interino).

GRÊMIO - Paulo Victor; Léo Gomes, Bressan, Rafael Thyere e Conrado; Machado, Cristian, Kaio (Pepê), Patrick (Batista) e Dionathã (Lucas Poletto); Jael. Técnico: Renato Gaúcho.

GOL - Copete, aos 31 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Alisson e Lucas Veríssimo (Santos); Kaio e Jael (Grêmio).

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

RENDA - R$ 120.160,00.

PÚBLICO - 4.206 pagantes.

LOCAL - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário