Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Guarulhos na mira no Hyperloop?

Ernesto Zanon    13/12/2017 09:03

 

A empresa que projetou a construção de um equipamento inovador no transporte de passageiros nos Estados Unidos, o Hyperloop, estaria de olho no potencial de Guarulhos, iniciando estudos e prospecções para se instalar na cidade. Ainda não há informações oficiais se o objetivo seria a instalação de uma fábrica no município ou instalar o sistema como um novo meio de transportes, que poderia – por exemplo – ser uma ótima alternativa para ligar São Paulo ao Rio de Janeiro, mais rápido que um avião. Neste sentido, a localização de Guarulhos neste eixo é estratégica 
 
O futuro está próximo
O equipamento, Hyperloop, um sistema que transporta passageiros e cargas em cápsulas, que se movem dentro de tubos metálicos com ar de baixa pressão. Segundo Elon Musk, o chefão da Tesla e da Space X e idealizador do equipamento, a ligação entre São Paulo e Rio de Janeiro ocorreria em incríveis 20 minutos. 
 
Como funciona
A cápsula do Hyperloop é suspensa, evitando contato com os trilhos, para aumentar sua velocidade. Ele flutua por meio de um "colchão de ar", um jato constante e pressurizado de ar que o levanta entre 0,5 e 1,3 milímetro. Motores elétricos disparam as cápsulas pelos trilhos de ar. Por mais que a ideia possa ser futurista demais, há quem garanta que as conversas já tiveram início e estariam até avançadas. 
 
Pelo bem da população
A turma do quanto pior melhor se deu mais uma vez na Câmara Municipal nesta terça-feira, quando o projeto de lei de autoria do governo Guti (PSB), que congela o IPTU para os contribuintes que estão com as contas em dia com a Prefeitura, foi aprovado. Os vereadores petistas (os mesmos de sempre) tentaram passar a impressão de que o prefeito poderia ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal, ao abrir mão de receitas, o que – óbvio – não é verdade. 
 
Contra o povo
Os petistas queriam mesmo era onerar os contribuintes, assim como o governo de Sebastião Almeida, que estava no PT, fez em 2013, quando fez reajustes estratosféricos no IPTU. Desta forma, se conseguissem rejeitar o projeto, iriam acusar Guti de não cumprir uma de suas principais promessas de campanha. Para o bem da população, o plano do PT – de novo – caiu por terra. 
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário


estadao brasil Leia Também

15/05 07:40
Na marra
10/05 07:54
No Estadão e na CBN
09/05 07:48
Bate e volta
08/05 07:36
Armação ilimitada
04/05 07:43
Os pais da baderna