Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Festa da inclusão da pessoa com deficiência marcará o Dia D do Dezembro Colorido

Redação Guarulhosweb    14/12/2017 16:26

 

Nesta sexta-feira (15), quando acontece o Dia D do Dezembro Colorido –  mês dedicado a várias datas comemorativas, entre eles o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – o Campd (Centro de Atendimento Multiprofissional à Pessoa com Deficiência) vai promover uma festa da inclusão. A atividade, voltada para pacientes assistidos na unidade e seus familiares, será realizada das 9 às 15 horas, em sua sede, localizada na Viela Porto Belo nº 28 (Vila Camargos).
 
Contação de histórias, arte com bexigas, bingo, apresentação musical e dos palhaços Anjos do Sorriso, cinema, pintura no rosto, coral, chegada do Papai Noel, discoteca são algumas das atrações que pretendem animar o público. “ Será um momento de muita alegria, pois toda a equipe se envolveu com muita dedicação na preparação desta festa. Nós iremos celebrar a vida agradecendo pelo ano compartilhado”, explicou a gerente do Campd, Elisângela Arantes de Souza.
 
Para a realização deste evento o Campd contou com a colaboração de diversos parceiros que apóiam a inclusão social, entre eles estabelecimentos comerciais, Capelania Evangélica e representantes do Poder Legislativo. A festa da Inclusão contará também com apresentação musical de Paula Souza que canta e encanta na companhia dos músicos Denne de Oliveira e Tailler Eleandro Correa.
 
Conforme explicou a gerente do Campd, “Paula é um exemplo de superação”. Hoje com 32 anos de idade, ela que tem o diagnóstico de Paralisia Cerebral, baixa visão (menos de 10%). “A Paula gosta de cantar desde criança. Eu a levava ao dentista, em um consultório que sempre tocava musicas internacionais, e ela cantava junto. Todos ficavam encantados e eu sempre a apoiei” declara a mãe Maria José Baltazar de Souza
 
 
O CAMPD
Inaugurado em abril deste ano, por força do Decreto nº 34.078, o Campd foi criado com a proposta de ser um serviço pioneiro na área da Pessoa com Deficiência. A unidade atende pessoas com deficiência física, intelectual, visual, auditiva ou múltiplas que já passaram por algum serviço de reabilitação, mas necessitam de continuidade no cuidado para minimização das seqüelas através de suporte e intervenções da equipe multidisciplinar.
 
“Dentre outros, o objetivo desta unidade é prestar atendimento qualificado e humanizado à pessoa com deficiência, garantindo a atenção integral à sua saúde”, destaca a gerente. Atualmente, o Campd conta com uma equipe médica composta por clínico, ortopedista, ginecologista, neurologista e psiquiatra e equipe multiprofissional composta por assistentes sociais, psicóloga, fisioterapeuta e fonoaudióloga. Também integram a equipe os atendentes SUS, administrativos, auxiliares operacionais, supervisora de setor e a gerência.
 
 
Balanço das ações
Somente de julho até novembro deste ano, o Campd já realizou mais de oito mil atendimentos, sendo que o último mês fechou com 2.219 pessoas assistidas. Além da assistência realizada na unidade, o serviço desenvolveu outras ações como as palestras: Prevenção de Quedas, no Setembro Verde, dedicado a idosos; Osteoporose, no Dia Mundial de Combate à Doença (20 de outubro); Câncer de Próstata, no Novembro Azul, voltado à saúde do homem, contemplando mais de 400 pessoas entre as atividades promovidas em sua sede e também nas Unidades Básicas de Saúde.
 
No entanto, na opinião da gerente do Campd, o grande marco do novo serviço foi o início do Projeto Pioneiro no município, chamado de  Mães Especiais,  que tem por objetivo acolher e auxiliar os pais e cuidadores de crianças, adolescentes e adultos com deficiência. Totalmente gratuita e aberta à população, a atividade acontece todas as quintas-feiras, às 14 horas, na sede da unidade. “Mais de 20 mães já foram acolhidas por este grupo com depoimentos emocionantes”, comemora.
 
 
 
Outra conquista, foi a reforma e ampliação da recepção da unidade devido o aumento do número de pacientes, em agosto passado. No mês seguinte, em comemoração ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21 de setembro), o Campd  inaugurou o espaço de leitura inclusivo do projeto “Livros Livres Voam”, uma parceria entre as secretarias municipais de Saúde e Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel) que faz parte do programa Literalmente Isso.
 
 
 
“Para 2018 estamos programando diversas atividades, dentre elas o lançamento da 1ª Edição do livro Mães Especiais, no qual as mães contarão suas histórias de luta e superação, servindo de exemplo e motivação para as outras mães”, anunciou a gerente do Campd.
 
 
 
copyright guarulhosweb

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário