Guarulhosweb
   

Brasileiro é preso suspeito de enviar 60 kg de cocaína para Portugal

Redação Guarulhosweb    20/12/2017 14:15

 

A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos, por meio do Acordo de Cooperação Jurídica Internacional, prendeu, na noite desta terça-feira (19), um brasileiro suspeito de enviar uma carga de produtos contendo 60 Kg de cocaína ocultos.          
 
Uma investigação da Polícia Federal, iniciada a partir da descoberta pela Polícia Judiciária de Portugal, em julho de 2016, de uma carga de massa para preparar bolos, que na realidade continha 60 Kg de cocaína, resultou, na noite desta terça-feira (19), na prisão de um brasileiro, de 30 anos de idade, por tráfico internacional de drogas, cujo mandado de prisão temporária de 30 dias foi expedido pela 6ª Vara Federal de Guarulhos.
 
O brasileiro preso se valia da sua condição profissional para a facilitação e envio de forma fraudulenta da carga de drogas ao exterior. Naquela ocasião, os policiais portugueses que encontraram a droga permitiram, por meio da técnica de “entrega controlada”, que a carga fosse retirada do aeroporto e a seguiram até o destinatário, resultando na prisão de três pessoas, uma brasileira e outros dois homens, sendo que um deles já havia sido preso, em outra ocasião, por tráfico de drogas. Após a prisão daquelas pessoas, por meio do Acordo de Cooperação Jurídica Internacional, as informações foram repassadas à Polícia Federal do Brasil.
 
Em outra ação, uma mulher, brasileira de 31 anos de idade, foi presa com mais de 14 Kg de cocaína. Ela foi abordada pelos policiais federais no momento em que realizava o check-in para voo com destino a África do Sul. A droga estava distribuída em 14 volumes, na forma de tijolos, dentro de sua mala.
 
Os presos serão encaminhados aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.
 
 
 

 

 

Insira seu comentário

Seja o Primeiro a comentar esta noticia

Insira um comentário