Guarulhosweb
WhatsApp:(11) 9 4702.3664

Vice-prefeito aciona instituições no Brasil e nos EUA para investigar vídeo

Karla Maria - Do GuarulhosWeb    20/12/2017 18:16

 

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 20, às 14h20, o vice-prefeito da cidade, Alexandre Zeitune (Rede), informou que solicitou à Delegacia Seccional de Guarulhos para investigar o vídeo que está sendo veiculado em grupos de WhatsApp com imagens sobre uma viagem que fez recentemente com sua esposa e amigos aos Estados Unidos.
 
Além de acionar a Seccional, o vice-prefeito entrou com uma representação no Consulado Americano e no Itamaraty dizendo-se perseguido e vítima de crime internacional e crime político. À Infraero solicitou imagens de seu embarque filmado e à Copa Airlines, companhia aérea, a lista de passageiros do voo em que foi fotografado.
 
Zeitune também declarou ter sido vítima de uma falsa denúncia ao desembarcar no Brasil. “Quando cheguei na sexta-feira, via Belo Horizonte, tinha uma denúncia contra mim e minha esposa de que estaríamos entrando no país com valores não declarados. Nos levaram ao toalete (em ambientes separados) tiramos a roupa para ver se trazíamos dinheiro”, contou.
 
Baseado no artigo 339 do Código Penal, que versa sobre denúncia caluniosa, o vice-prefeito que é advogado de formação, solicitou à Ouvidoria da Receita Federal que seja aberta uma apuração sobre o teor da denúncia e esclarecimentos sobre os procedimentos administrativos de revistas da Receita Federal.
 
O vídeo amador circula desde o dia 15, e registra momentos de um turista comum nos Estados Unidos, e traz insinuações de que o político estaria realizando uma viagem luxuosa. Zeitune foi fotografado no embarque no aeroporto, na poltrona do avião, em lanchonetes, no saguão do hotel e em locadoras de automóvel.
 
Zeitune viajou para participar do 2017 Latin American Caribbean Forum (Nexus), um evento com investidores internacionais. Saiu de Guarulhos no dia 7, participou do evento nos dias 10 e 11 e voltou ao Brasil no dia 15. Ele não informou o que fez nas demais datas. Durante a coletiva, Zeitune informou que para participar do evento pediu licença não-remunerada da Prefeitura e arcou com todas as despesas do próprio bolso, apresentando inclusive valores e formas de pagamento.
 
Questionado pelos jornalistas se o vídeo não teria sido feito por ele ou por sua equipe para que voltasse  à mídia, ele negou enfaticamente. Revelou ainda ter recebido solidariedade de diversos políticos da cidade e da imprensa guarulhense que se manifestou contrária a veiculação do vídeo amador. Lamentou que o prefeito Guti (PSB) não tenha se pronunciado contra o vídeo que segundo ele seria um ato criminoso contra a liberdade.

 

 

Insira seu comentário

Todos os comentários e opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.

Comentários:

  1. Izaias Pereira Cardoso 22/12/2017 06:18

    Esse Zeitune está doido para tomar a cadeira do prefeito,abra o olho Guti

  2. Anônimo 21/12/2017 13:11

    o que acontece

    alguem pode informar o que acontece na cidade....estaremos voltando para a midia policial....sera que nao temos nada mais importante para publicar em beneficio da população...quem se habilita a esclarecer...

Insira um comentário